Dia internacional das Mulheres
INTERNACIONAL

Presidente do Irã, Hassan Rouhani, chama sanções americanas de "guerra econômica"

18 Fev 2019 - 12h15

O presidente do Irã, Hassan Rouhani, descreveu hoje as sanções americanas impostas ao país como uma guerra econômica, ressaltando que "guerras econômicas são mais difíceis que guerras militares". No ano passado, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, retirou Washington do acordo nuclear firmado com o Irã, retomando as sanções contra Teerã.

O comentário de Rouhani foi feito durante cerimônia de inauguração da terceira e última fase da expansão da refinaria Persian Gulf Star (PGSR), construída na cidade portuária de Bandar Abbas. A refinaria, agora, passa a ter a capacidade de produzir 400 mil barris de petróleo por dia, o que representa 20% da capacidade total de produção do Irã, de 2,1 milhões de barris diários.

Rouhani exaltou a expansão, afirmando que ela foi possível "apesar da imposição das mais severas sanções dos EUA" contra o Irã. "Inauguramos imensos projetos nacionais nessa situação apesar dos esforços dos EUA, Israel e aliados para aumentar a pressão sobre o Irã", disse. Fonte: Associated Press.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Dólar chega a R$ 5,55, mas fecha estável com notícias do exterior

Bolsa de valores sobe 1,35% e volta a superar os 112 mil pontos
Saúde

Senado aprova MP que autoriza crédito de R$ 2,5 bi para Covax Facility

A estimativa é que o Brasil obtenha 10,6 milhões de doses
Saúde

Pesquisadores desenvolvem máscara que inativa coronavírus

A ação do equipamento é devida à presença de um nanofilme de quitosana, na camada intermediária da máscara, substância derivada da casca do camarão
Saúde

Biden determina que estados priorizem vacinação de professores

Pediu ainda que os estados apliquem pelo menos uma dose de imunizante em cada educador até o fim de março.
Ver mais de Mundo