INTERNACIONAL

May aceita deixar o poder em troca de concretização do Brexit

27 Mar 2019 - 16h13

A primeira-ministra britânica, Theresa May, disse a membros do seu partido que deixará o cargo quando o Brexit for concluído. Ela não estipulou uma data para a renúncia, mas isso deve ocorrer assim que o acordo para a saída do Reino Unido da União Europeia for concluído no Parlamento.

"Ouvi com clareza a vontade do Partido Conservador", disse May na reunião. "Sei que há o desejo por uma nova liderança na segunda fase do Brexit e não serei um obstáculo para isso."

Mais cedo, um deputado conservador que participou da reunião adiantou que a premiê tinha se comprometido a deixar o cargo. Ela deixará o cargo se o acordo for finalizado", disse o deputado. "Isso sugere que renunciará após a aprovação do acordo."

Outro parlamentar conservador disse que, apesar de May não ter estabelecido uma data para a renúncia, isso deve ocorrer em breve.

Mais cedo, outras fontes dos tories (membros e eleitores do Partido Conservador)disseram que May deve tentar votar - pela terceira vez - o acordo de divórcio com a União Europeia no Parlamento na sexta-feira, mas isso depende do sinal verde do presidente da Casa, John Bercow.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Saúde

Em 24 horas, país registra 721 mortes e 34 mil novos casos de covid-19

Ao todo 885 mil pessoas estão com a doença e 9,4 milhões se curaram
Esportes

Flamengo é campeão brasileiro

Rubro-Negro perde de 2 a 1, mas garante oitavo título da história
Flamengo é campeão brasileiro
Economia

Lucro da Weg cresce 48,5% no 4º trimestre, para R$ 742,2 milhões

No ano, o lucro chegou a R$ 2,340 bilhões, avanço de 45% ante o ano anterior
Lucro da Weg cresce 48,5% no 4º trimestre, para R$ 742,2 milhões
Economia

Bolsonaro sanciona projeto que dá autonomia ao Banco Central

Medida prevê mandatos para dirigentes do órgão
Bolsonaro sanciona projeto que dá autonomia ao Banco Central
Ver mais de Mundo