Séculus
Copa do Mundo

Fifa considera fazer Copa do Mundo com 40 países a partir de 2026

03 Dez 2015 - 14h02
A mais significante dela, de acordo com o jornal britânico The Guardian, seria a adição de mais oito equipes na Copa do Mundo, aumentando o número de participantes para 40. A possível mudança seria uma forma de agradar à maioria dos membros da entidade que corriqueiramente se queixam do número elevado de vagas para os países da Uefa. Na Rússia, em 2018, os europeus ocuparão 14 dos 32 lugares na competição.

A última reforma assim aconteceu em 1994, quando o número de participantes passou de 24 para a quantidade atual. Agora, as oito novas equipes seriam todas de continentes que não a Europa - a Oceania, por exemplo, não tem lugar garantido no mundial.

Por enquanto, a divisão segue sendo cinco africanos, quatro asiáticos, três das Américas Central e do Norte, quatro sul-americanos, 14 do "Velho Continente", além das disputas de repescagem.

Se não acontecer mais nenhum imprevisto, como a prisão de novos dirigentes,  a reforma deverá ser votada ainda nesta quinta-feira.
GNet

Matérias Relacionadas

Esportes

CBF libera a presença da torcida visitante em jogos

Comprovante de vacinação e teste são exigências
CBF libera a presença da torcida visitante em jogos
Esportes

Abertas as inscrições para a Taça Jaraguá do Sul de Futebol

O Congresso Técnico ocorre às 18 horas da próxima segunda-feira (18), na Arena Jaraguá.
Abertas as inscrições para a Taça Jaraguá do Sul de Futebol
Esportes

Felipão deixa comando técnico do Grêmio após derrota para Santos

Tricolor gaúcho é o vice-lanterna na classificação geral do Brasileiro
Felipão deixa comando técnico do Grêmio após derrota para Santos
Política

(VÍDEO) Presidente é impedido de ver jogo do Santos

Em agosto, a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) publicou um protocolo para a volta dos torcedores ao estádio
(VÍDEO) Presidente é impedido de ver jogo do Santos
Ver mais de Futebol