Futebol

Chelsea confirma saída de Alexandre Pato e Falcao García

01 Jul 2016 - 14h35
Pato foi contratado pelos 'Blues' em janeiro, cedido pelo Corinthians. No entanto, logo após a chegada, os médicos do clube inglês entenderam que ele precisava de um plano específico de treinamento para reforçar a forma física antes de estrear.

 
Dessa forma, Pato acabou preterido pelo então técnico do Chelsea, o holandês Guus Hiddink, e só disputou duas partidas com a camisa dos 'Blues' e anotou apenas um gol.

Já Falcao chegou ao Chelsea em 2015, emprestado pelo Monaco, que já tinha cedido o atacante ao Manchester United. Atrapalhado pelas recorrentes lesões, o colombiano, de 30 anos, disputou somente 12 partidas com o clube londrino.

Além disso, o Chelsea anunciou também a saída do veterano goleiro italiano Marco Amelia, que não terá seu contrato renovado. Amelia, de 34 anos, chegou aos 'Blues' para reforçar a posição depois da lesão sofrida pelo titular da equipe, o belga Thibaut Courtois.

"Seus contratos terminaram e hoje dizemos adeus a três jogadores que foram parte do elenco na temporada passada: Falcao, Pato e Marco Amelia. O Chelsea agradece por suas contribuições e lhes deseja muito sucesso no futuro", disse o clube em comunicado.

Matérias Relacionadas

Esportes

Chapecoense é condenada a pagar pensão até 2049 para família de chefe de segurança morto em acidente

Tribunal Superior do Trabalho determinou ainda que mulher e filhos sejam indenizados em R$ 600 mil. Ex-funcionário estava no voo da delegação do clube que matou 71 pessoas.
Chapecoense é condenada a pagar pensão até 2049 para família de chefe de segurança morto em acidente
Esportes

Abertos oficialmente em Jaraguá do Sul os Jogos Escolares 12 a 14 anos

Serão disputadas ao todo 10 modalidades. O acendimento da pira olímpica ficou por conta do mesa-tenista Bernardo Consatti Zantta
Abertos oficialmente em Jaraguá do Sul os Jogos Escolares 12 a 14 anos
Segurança

Robinho chega ao presídio de Tremembé após ser preso por estupro coletivo na Itália

Nesta semana o Superior Tribunal de Justiça decidiu que o ex-jogador deve cumprir no Brasil a pena de 9 anos de prisão. A sentença foi definida pela Justiça da Itália, onde o ex-jogador foi condenado
Robinho chega ao presídio de Tremembé após ser preso por estupro coletivo na Itália
Segurança

STJ decide que Robinho deve cumprir pena por estupro no Brasil

Ex-jogador foi condenado a nove anos de prisão por estupro coletivo
STJ decide que Robinho deve cumprir pena por estupro no Brasil
Ver mais de Futebol