Geral

Terremotos deixam feridos e causam pânico em Christchurch, na Nova Zelândia

13 Jun 2011 - 11h33

Uma série de terremotos magnitude sacudiu a cidade de Christchurch, na Nova Zelândia, nesta segunda-feira e causou pânico na população. Após os tremores, edifícios caíram, outros foram danificados e milhares de usuários ficaram sem energia elétrica. Não há informações de mortos.

Diversos prédios que estavam sendo recuperados do terremoto de fevereiro no centro da cidade também sofreram danos. Duas pessoas ficaram presas em uma igreja e cerca de outras dez feridas em todo o município.

- Ficamos envoltos em uma nuvem de poeira. Isso é muito assustador - disse o prefeito de Christchurch, Bob Parker, a uma rádio local.

Moradores deixaram suas casas após o primeiro terremoto de 5,2 graus de magnitude. Uma hora depois, um tremor mais forte, de 6 graus, atingiu a cidade, informou o Centro Geológico dos Estados Unidos.

O epicentro ocorreu a dez quilômetros de profundidade da superfície do solo. Christchurch sofreu a ação de várias réplicas de um terremoto no dia 22 de fevereiro, deixando 181 mortos.

 

Fonte: AP

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Obras da rotatória da Bertha Weege começam na segunda-feira

Obras da rotatória da Bertha Weege começam na segunda-feira
Política

Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim

Deputado repercutiu assuntos tratados com secretário de Agricultura no norte catarinense e necessidade de reforço nas barreiras fitossanitárias
Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim
Geral

Justiça suspende pagamento de tarifa de pós-utilização no rotativo

Os usuários que estacionarem na Zona Azul da cidade e não efetuarem o pagamento, continuarão a receber o Aviso de Cobrança de Tarifa, mas somente poderão efetuar a quitação no prazo de até 10 minutos a partir do horário de emissão do aviso
Justiça suspende pagamento de tarifa de pós-utilização no rotativo
Saúde

Havan ajuda na compra de dois respiradores

Um deles foi doado para o Samu de Joinville e o outro para Barra Velha. Ambos vão atender os pacientes do município quando precisam ser transportados com urgência para hospitais da região
Ver mais de Geral