Delivery Much
GERAL

SP vacinará jovens para conter casos de sarampo

29 Mai 2019 - 09h00Por Fabiana Cambricoli

Após confirmar mais sete casos de sarampo nas últimas duas semanas e chegar a 14 registros confirmados da doença no ano, a cidade de São Paulo fará uma campanha de vacinação extraordinária voltada ao público de 15 a 29 anos. Em alerta com a recente confirmação de novas infecções, o Município quer imunizar 2,9 milhões de jovens até julho.

A iniciativa da campanha foi encabeçada pela Secretaria Estadual da Saúde , após a confirmação de novos casos na capital - incluindo dois surtos localizados: um em Higienópolis, na região central, e outro na zona leste. No último, a principal suspeita é de que os casos sejam autóctones - cuja transmissão ocorreu internamente.

"Há dez dias tivemos uma conversa com o Ministério da Saúde e sinalizamos a preocupação com esses casos em São Paulo. Já tínhamos essa preocupação com o Município porque ele é a principal porta de entrada do País, com grande circulação de pessoas de todo o mundo", explica Regiane de Paula, diretora do Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE) da Secretaria Estadual da Saúde.

A estratégia de vacinar jovens e adultos surgiu após o órgão analisar os índices de cobertura vacinal nos diferentes grupos etários. "Observamos que são as pessoas de 15 a 29 anos que tiveram menos acesso à segunda dose da vacina quando crianças, então focaremos nesse grupo mais vulnerável", diz Regiane. A vacina tríplice viral, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba, deve ser aplicada idealmente aos 12 meses e aos 15 meses de vida, mas muitas crianças acabam não retornando para receber a segunda dose do imunizante.

Após o apelo do governo estadual, o ministério se comprometeu a enviar 3,5 milhões de doses extras da vacina (além das repassadas regularmente para a imunização de bebês) para a campanha voltada para adolescentes e jovens. "A gente vai fazer essa campanha especificamente para São Paulo porque um surto ou epidemia na cidade seria de altas proporções", declarou o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, confirmando o envio das doses extras para a capital.

A ação de imunização será iniciada no dia 10 de junho e vai até 12 de julho. A vacina estará disponível gratuitamente em todos os postos de saúde da cidade. O Dia D da campanha, quando os postos abrem aos sábados para imunizar a população, ocorrerá no dia 29 de junho.

Casos

Segundo a diretora do CVE, dos 14 casos confirmados em São Paulo, sete ocorreram dentro de uma mesma família, moradora de Higienópolis, após um dos membros ser infectado pelo vírus em Israel e retornar ao Brasil. Os casos são considerados importados por terem começado com um paciente infectado fora da cidade.

Outros cinco casos são referentes a um surto iniciado pela infecção de um professor universitário que trabalha em uma faculdade na zona leste. Ele transmitiu a doença para três frequentadores da mesma universidade e para um profissional de saúde que atuou em seu tratamento. A filha desse profissional, um bebê de 8 meses, também foi infectada. Esses casos estão sendo investigados como autóctones, pois o professor afirma que não se deslocou para outras regiões.

Por fim, há o caso de uma criança contaminada durante viagem a Noruega. Todos os 14 pacientes evoluíram bem. Não há registro de óbitos por sarampo na cidade nem no Estado. Além dos 14 casos na capital, o Estado registrou 21 relatos em Santos e um em Osasco.

A campanha

Período e locais - De 10 de junho a 12 de julho nos postos de saúde da capital. As unidades estarão abertas também no sábado, dia 29 de junho, para o Dia D da campanha.

Público-alvo - Jovens de 15 a 29 anos moradores da cidade de São Paulo.

O que levar - Documento de identidade e carteira de vacinação. Se você perdeu a carteira ou não lembra se foi vacinado quando criança,
deve procurar um posto de saúde para ser imunizado.

Meta - Vacinar 2,9 milhões de pessoas.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Chuva melhora condição hídrica em Santa Catarina

O quadro é justificado pelo volume de chuva significativo nos dois últimos meses. Porém, o cenário ainda é de estiagem e exige monitoramento contínuo.
Chuva melhora condição hídrica em Santa Catarina
Geral

Serra do Rio do Rastro está temporariamente interditada para obras de contenção

Serra do Rio do Rastro está temporariamente interditada para obras de contenção
Geral

Obras de arte da duplicação da BR-280 são licitadas

Cinco empreiteiras participaram do processo licitatório, que compreende as obras de arte especiais do trecho - Ponte do Portal, Viaduto do Manne e elevado no bairro Avaí
Obras de arte da duplicação da BR-280 são licitadas
Geral

Idoso de Curitiba que estava desaparecido é encontrado em Rio do Sul 

Silverinho da Silva, 69 anos, dirigia um GM/Prisma e chamou a atenção dos policiais porque estava rodando sem uma das rodas
Idoso de Curitiba que estava desaparecido é encontrado em Rio do Sul 
Ver mais de Geral