Geral

Servidores municipais se preparam para início de greve em Joinville

05 Mai 2011 - 12h35

Os serviços municipais de urgência e emergência devem atender com o efetivo mínimo a partir de segunda-feira, quando o funcionalismo de Joinville inicia a greve por reajuste salarial.

A categoria decidiu parar os trabalhos em reprovação à proposta apresentada pela Prefeitura de Joinville.

O prefeito Carlito Merss (PT) ofereceu 8% de reajuste, só que o aumento entra em vigor em janeiro de 2012. Como a oferta foi recusada em votação na terça-feira, os servidores prometeram "parar a cidade" até que surja outra proposta de aumento.

O presidente do Sinsej, Ulrich Beathalter, garante que o atendimento na área da saúde não será comprometido pela mobilização.

- Estamos analisando as escalas de trabalho para garantir que exista efetivo suficiente nos serviços de urgência e emergêncial -, explica. O início da greve será marcado por manifestação em frente à Prefeitura na segunda-feira.

Os grevistas também foram convocados a participar de sessão na Câmara na terça-feira que vem, quando serão discutidos os projetos que tratam do pagamento de diárias, vale-alimentação e plano de saúde dos servidores.

 

fONTE: A NOTÍCIA

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Tragédia: pai, mãe e dois filhos morrem carbonizados em SC

A tragédia ocorreu por volta das 6h30, em uma casa de madeira
Tragédia: pai, mãe e dois filhos morrem carbonizados em SC
Geral

Idoso morre eletrocutado no Norte de SC

A suspeita é de que o idoso tenha colocado a mão na cerca elétrica.
Idoso morre eletrocutado no Norte de SC
Geral

Incêndio em residência mobiliza bombeiros no bairro Jaraguá Esquerdo

Fato ocorreu às 19h20 desta sexta-feira (7)
Incêndio em residência mobiliza bombeiros no bairro Jaraguá Esquerdo
Geral

Tamanduá-mirim é resgatado após invadir residência em Schroeder

A ocorrência foi registrada pelos bombeiros voluntários às 5h13 desta sexta-feira (7)
Tamanduá-mirim é resgatado após invadir residência em Schroeder
Ver mais de Geral