Unimed - Capa
Saúde

São José amplia atendimento em oncologia

02 Mai 2012 - 11h23

O Hospital e Maternidade São José vai ampliar o atendimento em oncologia e comprar um novo equipamento para o tratamento de radioterapia até o final de 2012. A ampliação faz parte de um conjunto de obras  que serão apresentadas pelo presidente do Conselho Deliberativo, Paulo Mattos, no dia 14 de maio  no Centro Empresarial. A unidade de oncologia atende de 580 a 900 pessoas por mês, com consultas. Atualmente, 380 pacientes estão em tratamento contra o câncer. 


Há quatro consultórios na unidade, divididos entre 12 médicos e salas para sessões de quimioterapia e radioterapia. Segundo a gerente administrativa da Onco Clínica, empresa terceirizada pela instituição para o atendimento em quimioterapia, Olici Pierina Zat, a intenção é dobrar a capacidade de atendimentos. Segundo ela, atualmente são feitas 40 consultas por dia e 15 sessões de quimioterapia por mês. A intenção é dobrar o número de consultórios para que mais pacientes sejam atendidos ao mesmo tempo. 

O hospital é credenciado pelo SUS (Sistema Único de Saúde) desde dezembro de 2008 para tratamento em oncologia de alta complexidade. Para o tratamento com quimioterapia, atende somente pelo SUS os municípios da Amvali (Associação dos Municípios do Vale do Itapocu), São Bento do Sul, Rio Negrinho e Campo Alegre. Há uma sala para sessões de quimioterapia com uma cabine de fluxo laminar, usada para manipulação dos medicamentos usados no tratamento. Para tratamento com radioterapia, atendendo SUS e convênios, recebe pacientes de 12 municípios do Vale do Itapocu e do Planalto Norte. Na sala de radioterapia, há um acelerador linear, equipamento semelhante a um raio X. O mesmo aparelho realiza as sessões e o procedimento antes para calcular a quantidade de radiação que será usado. 


O hospital quer ter, até o final do ano, um tomógrafo destinado exclusivamente para o procedimento anterior ao tratamento. É um equipamento mais simples que irá acelerar o fluxo de tratamento dos pacientes, segundo Paulo Mattos, reforçando que as obras em andamento irão adequar a estrutura à demanda por atendimentos na instituição, pois o aumento da demanda por atendimentos cresceu em três anos aquilo que era esperado para ocorrer em cinco anos.

Matérias Relacionadas

Geral

Expectativa de vida em Santa Catarina é a maior do Brasil, aponta IBGE

Segundo o relatório, mulheres vivem em média 6,5 anos a mais que os homens
Expectativa de vida em Santa Catarina é a maior do Brasil, aponta IBGE
Geral

IBGE: esperança de vida do brasileiro aumentou 31,1 anos desde 1940

A expectativa de vida do homem é de 73,1 anos e a da mulher de 80,1
IBGE: esperança de vida do brasileiro aumentou 31,1 anos desde 1940
Geral

Covid-19: ANTT define novas medidas para o transporte interestadual

Resoluções valem apenas para o transporte rodoviário
Geral

Especialista alerta sobre golpes contra aposentados e pensionistas

A advogada previdenciária, Deborah Lazzaris, participou ao vivo do Diário da Jaraguá nesta quinta-feira (26).
Especialista alerta sobre golpes contra aposentados e pensionistas
Ver mais de Geral