Geral

Pronatec Social oferece cursos gratuitos de qualificação profissional

26 Nov 2012 - 16h43

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) Social possui 22 mil matriculados em 237 diferentes cursos em Santa Catarina. A estimativa é de que 15 mil alunos estejam frequentando as aulas.  O programa integra as ações do Pacto pela Proteção Social, da Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST), que prevê investimentos de R$ 139,2 milhões em ações sociais até 2014. A meta é qualificar mais de 30 mil trabalhadores no ano que vem.


O Estado aderiu ao programa que é coordenado nacionalmente pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e os investimentos chegam a R$ 31 milhões. Santa Catarina é o segundo estado do Brasil em matrículas no Pronatec Social.

A SST/SC contribui na articulação entre os municípios e as unidades que oferecem a qualificação. Os alunos estão matriculados no sistema S (Senac, Senai, Senar, Senat), e institutos federeais (IFSC e IFC), em 122 municípios catarinenses. No total, 232 municípios já aderiram ao programa.  "Os cursos de qualificação facilitam a inserção no mercado de trabalho, o que contribui para a geração de renda e inclusão social das pessoas", afirma o Secretário de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST), João José Cândido da Silva.

Os cursos do Pronatec Social destinam-se às pessoas inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal, são gratuitos e oferecem transporte e lanche durante o período de duração das aulas. A carga horária varia de 160h/aula a 350h/aula e os alunos são de uma faixa etária entre 16 e 59 anos.  A participação nos cursos não suspende o recebimento de qualquer outro benefício do governo federal.

A lista de cursos foi sugerida pelos municípios e oficializada em reuniões com as instituições executoras. A inscrição deve ser feita no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) dos municípios, que indicam detalhes como horário e local para frequentar as aulas.

Saiba mais:

Onde fazer a inscrição?
Os interessados em frequentar as aulas podem procurar os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) dos municípios que aderiram ao Pronatec Social SC.


Quem pode participar?
Pessoas inscritas no Cadastro Único do Governo Federal de uma faixa etária entre 16 e 59 anos.

Quem vai ministrar os cursos?
Os cursos são realizados no Sistema S, formado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), nos Institutos Federais (IFSC), Institutos Federais Catarinenses (IFC).

Qual o período dos cursos?
As aulas terão duração de 160h/aula a 350h/aula.

E depois dos cursos?
Após a realização do curso o Sine/SST fará a mobilização para intermediar o encaminhamento ao mercado de trabalho.

Quem faz o Pronatec Social perde outros benefícios?
Os alunos que se inscreverem não perdem o recebimento de benefícios do governo federal após a realização nos cursos.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Casa São José realiza pedágio virtual

Casa de apoio a pacientes e familiares completa 4 anos de atividades em abril
Casa São José realiza pedágio virtual
Educação

Educação alerta sobre a responsabilidade das famílias nas tarefas escolares

Essa tem sido uma bandeira levantada pela Secretaria de Educação de Jaraguá para que o sistema híbrido de ensino (uma semana presencial e uma semana digital) tenha sucesso
Educação alerta sobre a responsabilidade das famílias nas tarefas escolares
Geral

Moradores de Guaramirim ficarão sem fornecimento de água na terça-feira

Os trabalhos consistem no desligamento do transformador da ETA para fazer a troca da fiação de saída do transformador que alimenta toda a estação
Moradores de Guaramirim ficarão sem fornecimento de água na terça-feira
Geral

Média histórica do Auxílio-Cidadão de Jaraguá apresenta nova elevação em março

Desde o início da pandemia, o número de benefícios mensais concedidos se mantém acima da média de três mil. Em 2021, o valor investido é de quase R$ 1,4 milhão
Média histórica do Auxílio-Cidadão de Jaraguá apresenta nova elevação em março
Ver mais de Geral