Eleições 2020
Eleições

Gottardi deve enfrentar oposição forte em Corupá

06 Out 2016 - 10h41
“Um partido só conseguiu vencer seis partidos coligados. E eles estavam com a máquina na mão, porque governam Corupá há oito anos”, comenta, acrescentando que a coligação estava com 36 candidatos a vereador, enquanto que o PP com 13 apenas, dos quais três foram eleitos. “Eu avalio que a nossa maior coligação foi com o povo de Corupá, que quis mudança”, diz. Gottardi diz que vai encaminhar documento à administração atual para que o processo de transição comece na próxima semana.

[jwplayer mediaid="297812"]

Com a mudança de situação para oposição, o PMDB e o PSDB prometem marcação serrada sobre a nova administração. O atual vice-prefeito, Loriano Rogério Costa (PSDB), fez um pronunciamento na Câmara, como convidado, na noite de terça-feira (4), anunciando que a primeira cobrança é a abertura de um hospital no município, como prometeu o candidato vencedor João Gottardi (PP). “Nós queremos que dia 1º de janeiro ele cumpra”. Disse ainda que a oposição ficará de olho ainda no cumprimento das leis, desde o primeiro até o último dia de governo. “Vamos apoiar e cobrar dia e noite o que vocês prometeram”, avisou.

Também informou que será o novo presidente do PSDB no município, no lugar de Eddy Edgar Eipper, que terminará o mandato na Câmara de Vereadores e se dedicará aos negócios particulares.

Eipper, por sua vez, lembrou a intenção de formar um ‘acordão’ com os setes partidos políticos para administrar o município, mas o PP não aceitou e foi para a disputa, tendo êxito. “Agora perdemos o controle, a situação se alterou e o PMDB tem no seu interesse fazer a maior oposição possível, para seguramente voltar em quatro anos ainda mais forte. Fica difícil para o PSDB, nessa nova situação criada pela vitória pírrica do PP, influir na obtenção de recursos, considerando que o PMDB concentra a maior origem dos mesmos”, opinou, acrescentando que vai continuar insistindo na ideia de uma gestão de consenso.

Ainda na segunda-feira (3), os vereadores eleitos: Felipe Rafaeli Rodrigues, Alaor Duarte (PSDB), e Wilson Jean Gessner, Inês Luiza Tamanini Hoch, Lairton Müller e Alceu Moretti (PMDB), juntamente com os candidatos Nininho e Toninho da Coligação "Nossa Corupá não pode parar de crescer", definiram manter a unidade de coligação para a próxima legislatura. A reunião aconteceu no gabinete do prefeito Luiz Carlos Tamanini.

Matérias Relacionadas

Saúde

Campanhas de Multivacinação e Vacinação contra a Poliomielite terminam na sexta

Até o momento, Santa Catarina conseguiu vacinar na Campanha contra a Poliomielite metade do total de crianças com idade entre 1 e menos de 5 anos que deveriam ser vacinadas
Campanhas de Multivacinação e Vacinação contra a Poliomielite terminam na sexta
Variedades

Fundo Social aborda nesta terça (27) Lei de Incentivo ao Esporte

Educação

PMSC abre as inscrições para ingresso nos Colégios Policiais Militares do estado

O processo seletivo se destina ao preenchimento de 300 vagas para o 6° ano, sendo 60 vagas para cada município
PMSC abre as inscrições para ingresso nos Colégios Policiais Militares do estado
Geral

Segurança jurídica com nova lei do gás vai atrair R$ 60 bi em investimentos

A afirmação foi feita na sexta-feira (23) durante reunião on-line da diretoria da FIESC com o deputado federal Laércio Oliveira, relator do texto aprovado na Câmara
Segurança jurídica com nova lei do gás vai atrair R$ 60 bi em investimentos
Ver mais de Geral