Geral

Fifa retoma a venda de ingressos para a Copa das Confederações

15 Fev 2013 - 23h52

 A venda pela internet de ingressos para a Copa das Confederações de 2013 já foi normalizada, de acordo com a Federação Internacional de Futebol (Fifa). Os problemas técnicos que impediram a compra de ingressos foram resolvidos no final da tarde desta sexta-feira (15).


Ainda de acordo com a entidade, 7 mil ingressos foram vendidos logo após o restabelecimento das vendas, que foram suspensas para correção das falhas.

Torcedores que tentaram comprar ingressos para a Copa das Confederações na madrugada de hoje (15) tiveram problemas no acesso ao site oficial da Fifa e não conseguiram completar a transação.

Em nota divulgada no site, a Fifa pediu desculpas pelos transtornos e explicou que os problemas técnicos ocorridos hoje "foram resolvidos pela fornecedora Match Services AG", que continuará monitorando o serviço.


A entidade disponibilizou o e-mail enquiries@2013FTC.com para os clientes que quiserem obter mais informações sobre a solicitação de ingressos. Os torcedores também poderão ligar para 0300 021-2014 e obter informações adicionais sobre a compra dos bilhetes.

AGÊNCIA BRASIL

Matérias Relacionadas

Santa Catarina

[AO VIVO] Governo atualiza dados sobre coronavírus em SC

Coletiva sobre o panorama do novo coronavírus em Santa Catarina, com atualização do número de casos e as ações de enfrentamento à pandemia
[AO VIVO] Governo atualiza dados sobre coronavírus em SC
Saúde

Médico dá dicas e responde a dúvidas sobre o novo coronavírus Covid-19

O médico infectologista, Willy Mamoru Hiraga, responde a questionamentos que a comunidade tem feito de como se prevenir do risco de contágio
Médico dá dicas e responde a dúvidas sobre o novo coronavírus Covid-19
Coronavírus

[AO VIVO] Número de casos de covid-19 no Brasil chega a 6.836 e mortes somam 240

Governo atualiza dados sobre avanço da pandemia no país
[AO VIVO] Número de casos de covid-19 no Brasil chega a 6.836 e mortes somam 240
Corupá

Águas de Corupá reforça pedido para evitar desperdício de água no Município

Consumo aumentou 18% durante o período de isolamento social
Ver mais de Geral