dengue
Geral

Coreia do Sul acusa Norte por ataque de hackers contra banco

03 Mai 2011 - 11h44

Promotores sul-coreanos estão acusando a Coreia do Norte pelo ataque que paralisou um dos maiores bancos da Coreia do Sul no mês passado.

 

 

As operações do banco NongHyup, ligado à Federação Cooperativa Agrária Nacional, foram interrompidas durante três dias por causa de um ataque cibernético, impedindo os clientes de ter acesso a seu dinheiro.

 

A promotoria pública de Seul, capital sul-coreana, classificou o ataque de "terrorismo cibernético sem precedentes, deliberadamente planejado" pela Coreia do Norte.

 

Eles afirmaram que o programa utilizado para prejudicar as atividades do banco era o mesmo utilizado em ataques cibernéticos anteriores promovidos por hackers que estariam a serviço da Coreia do Norte.

 

Guerra cibernética

 

Segundo os promotores, um laptop usado por uma prestadora de serviços do banco passou a servir de "computador zumbi", operado à distância pela Coreia do Norte a partir de setembro de 2010.

 

Este computador teria sido utilizado para realizar o ataque ao banco.

 

Eles apuraram ainda que um dos endereços de protocolo de internet utilizados para penetrar no sistema de segurança do banco NongHyup foi o mesmo utilizado em março para outro ataque com origem no país vizinho.

 

O endereço de protocolo de internet (IP, na sigla em inglês) permite identificar a origem de dados enviados pela internet.

 

O programa usado para o ataque também seria semelhante ao que foi utilizado em julho de 2009, quando uma série de sites do governo sul-coreano foram atacados por hackers.

 

A mídia sul-coreana também já havia acusado a Coreia do Norte de manter uma equipe de guerra cibernética para penetrar nas redes governamentais e financeiras da Coreia do Sul e dos Estados Unidos.

 

Por causa do ataque recente, os serviços do banco NongHyup foram suspensos por três dias e os históricos dos cartões de crédito de alguns clientes foram deletados.

 

Tensão

 

Tecnicamente, as duas Coreias permanecem em estado de guerra desde a Guerra da Coreia (1950 - 1953).

 

Mas a tensão entre os países vizinhos cresceu nos últimos meses por causa de dois incidentes com mortes.

 

A Coreia do Sul culpa o Norte por afundar seu navio de guerra Cheonan em março de 2010, causando a morte de 46 membros da tripulação. A Coreia do Norte nega ter tido qualquer participação no incidente.

 

Em novembro de 2010, quatro sul-coreanos foram mortos quando soldados da Coreia do Norte bombardearam uma ilha na fronteira entre os países. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Fonte: Estado de SP

Matérias Relacionadas

Geral

Prefeitura de Jaraguá do Sul alerta para tentativa de golpe em nome da Secretaria da Fazenda

Empresa recebeu via aplicativo de mensagens um boleto de cobrança de taxa municipal. A Prefeitura não utiliza esta forma de contato para cobranças
Prefeitura de Jaraguá do Sul alerta para tentativa de golpe em nome da Secretaria da Fazenda
Saúde

Coqueluche volta a preocupar o mundo

Número de casos aumenta no Brasil e em 17 países europeus
Coqueluche volta a preocupar o mundo
Geral

Orquestra Filarmônica SCAR apresenta concerto "Retratos" com participação de Cármelo de los Santos

O concerto acontece neste sábado (22), às 20 horas, no Grande Teatro da SCAR. Os ingressos são gratuitos e podem ser adquiridos no site da TicketCenter ou na bilheteria do Centro Cultural
Orquestra Filarmônica SCAR apresenta concerto "Retratos" com participação de Cármelo de los Santos
Geral

Instalados os pontilhões de concreto no Morro das Antenas

Foram colocadas estruturas de concreto que oferecem mais segurança para quem transita pelo local
Instalados os pontilhões de concreto no Morro das Antenas
Ver mais de Geral