Imobiliária Coralli
Geral

Casildo Maldaner critica telefonia móvel do Brasil

07 Ago 2012 - 19h24

Em discurso no Plenário nesta terça-feira (7), o senador Casildo Maldaner (PMDB-SC) criticou a situação da telefonia móvel no Brasil. Ele disse que é preciso "gritar um pouco" diante dos problemas verificados no setor. Casildo lembrou a suspensão que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aplicou recentemente a três operadoras de telefonia no mês passado. O senador também fez referências a matéria da Folha de S. Paulo, com base em relatório da Anatel, indicando que a operadora TIM interrompe de propósito chamadas feitas no plano Infinity, no qual o usuário é cobrado por ligação e não por tempo de chamada. - A atitude lesa gravemente os consumidores e exige medidas drásticas do Ministério Público e da Anatel - afirmou o senador. Casildo Maldaner disse que essas situações mostram o tratamento indevido das operadoras ao usuário. De acordo com parlamentar, baixa qualidade no sinal, custos elevados e problemas no atendimento ao consumidor estão entre as principais reclamações de quem usa os serviços de telefonia móvel no país. O senador reconheceu que houve um avanço no setor nos últimos anos, que tem mais de 240 milhões de linhas celulares habilitadas, mas ressaltou que a qualidade deve acompanhar a quantidade. Ele ainda pediu mais democratização da telefonia, com a prestação de serviços em regiões distantes dos grandes centros, e o uso compartilhado de estrutura física entre as operadoras - medida que poderia diminuir o custo da telefonia para o usuário.

Matérias Relacionadas

Economia

Confiança do empresário industrial cresce pelo quinto mês consecutivo

Indicador está 3,1 pontos abaixo do registrado antes da pandemia
Confiança do empresário industrial cresce pelo quinto mês consecutivo
Geral

Lei Geral de Proteção de Dados entra em vigor

Governo ainda precisa criar Autoridade Nacional de Proteção de Dados
Lei Geral de Proteção de Dados entra em vigor
Saúde

Pesquisadores criam tecido para restaurar nervos e ossos lesionados

A descoberta poderá ajudar pessoas que têm dificuldade para realizar atividades do dia a dia e ajudar o corpo delas a se curar sozinho das lesões
Pesquisadores criam tecido para restaurar nervos e ossos lesionados
Geral

Sargento despede-se do 14º Batalhão

Sargento despede-se do 14º Batalhão
Ver mais de Geral