Caraguá
Educação

UNIEDU: 700 acadêmicos da Católica SC contarão com bolsas de até 100% neste segundo semestre

O prazo para cadastramento e recadastramento é até 23 de agosto

08 Jul 2021 - 18h13Por Da Redação
UNIEDU: 700 acadêmicos da Católica SC contarão com bolsas de até 100% neste segundo semestre - Crédito: Arquivo / Divulgação Crédito: Arquivo / Divulgação

A Católica de Santa Catarina, pela primeira vez em nossa história, terá disponíveis mais de 700 bolsas de estudo e de pesquisa via Uniedu (Programa de Bolsas Universitárias de Santa Catarina) para os alunos matriculados neste segundo semestre. Os descontos são de até 100% para os cursos presenciais, semi-presencial e EaD (Educação a Distância) nas unidades de Jaraguá do Sul, Joinville, Itajaí e Florianópolis.

Para concorrer, é preciso morar há pelo menos dois anos em Santa Catarina, estar no primeiro curso de graduação, ter cursado o ensino médio em escola pública ou em particular como bolsista e comprovar a situação econômica. O prazo para cadastramento e recadastramento é até 23 de agosto. A divulgação dos resultados das concessões de bolsas e a fase de consultas e assinaturas estão previstas para ocorrer entre os dias 9 de setembro e 28 de outubro.

Nesta edição, além de um número recorde de bolsas, a Católica SC oferece aos acadêmicos o apoio de um simulador de cálculo (www.catolicasc.org.br/uniedu/) e de tutoriais para cadastro dos documentos (bit.ly/tutoriaisCatolicaSC). Para mais informações, acesse: www.catolicasc.org.br/blog/bolsas-uniedu-de-ate-100/

Com a palavra, os egressos que ganharam bolsa


“A bolsa do Projeto de Pesquisa cobriu 100% da minha mensalidade enquanto eu desenvolvia pesquisas que agregaram tanto ao meu conhecimento, quanto ao meu currículo. Inclusive, evolui na desenvoltura para apresentações em público, visto que o projeto é apresentado no Congresso de Iniciação Científica.”
Fabiana Ramalho Pereira Tasca, 24 anos, bacharel em Direito      

“Durante o curso, participei de dois projetos de Iniciação Científica, com recursos do Uniedu. Os dois projetos foram bastante significativos para a minha formação e contribuíram para o meu desenvolvimento acadêmico e também profissional. Esses dois projetos que tive o prazer de participar me auxiliaram também a desenvolver uma boa oratória, o que hoje em dia é muito importante para o crescimento profissional. Além disso, com a participação nos projetos de iniciação científica, consegui uma bolsa de estudos para estudar por seis meses no exterior, pois um dos requisitos era ter participado de projetos de iniciação cientifica. Participar de projetos de iniciação cientifica só contribui para o desenvolvimento do estudante, ademais, há o incentivo financeiro que é extremamente importante para a manutenção das mensalidades do curso.”
Joel Luiz da Rosa, 23 anos, graduado em Engenharia Mecânica 

“Iniciei a faculdade de Direito com recursos próprios. Era muito desafiador, pois estudava e trabalhava. Não estava fazendo um bom aproveitamento da faculdade, pois os estudos sempre ficavam acumulados e a situação financeira me consumia a mente. Conversando com o pessoal do setor de bolsas, vi a oportunidade de poder me dedicar melhor aos estudos, pois o governo do Estado, por meio do Uniedu, fornecia uma ótima ajuda de custos. Iniciei com a bolsa de estudos, posteriormente, conheci a modalidade pesquisa, onde eu recebia um percentual ainda melhor e participava de uma pesquisa que futuramente seria agregada ao meu currículo. Desde então, pude me dedicar melhor aos estudos e tinha a tranquilidade com relação ao pagamento, uma vez que a bolsa auxiliava muito. Unindo o Uniedu ao meu esforço, pude concluir com tranquilidade minha faculdade. E um dos pontos mais positivos é que hoje estou formada e sem dívidas, pois o Uniedu, diferente do Fies, não cobra os custos ao final do curso. Só tenho a agradecer ao Uniedu por me auxiliar na realização do meu sonho de concluir a graduação.”
Mariana Braunsburger, 28 anos, bacharel em Direito

"Ganhei a bolsa de estudos de Inicialização Cientifica quando estava na oitava fase, e ela se estendeu até a minha formação. Na época, trabalhava como técnica de enfermagem no hospital. Com o incentivo da bolsa, pude reduzir meus plantões para me dedicar melhor as aulas e também aprender muito sobre esse fantástico mundo científico que a bolsa me proporcionou."
Miriam Antonia Ribeiro de Camargo, 37 anos, bacharel em Direito

Sobre o Uniedu

Por meio do Uniedu (http://www.uniedu.sed.sc.gov.br/index.php/uniedu-principal), o Governo do Estado de Santa Catarina concede bolsas de estudo e bolsas de pesquisa e extensão para o pagamento total ou parcial das mensalidades dos estudantes em situação de vulnerabilidade econômica, regularmente matriculados nos cursos de graduação das instituições de ensino superior cadastradas na Secretaria de Estado da Educação. O valor do benefício é escalonado de acordo com o Índice de Carência. A bolsa de estudo é limitada a dois salários mínimos vigentes no mês de dezembro do ano anterior. Já a de pesquisa e extensão, a um salário mínimo.

A participação no programa possibilita auxílio financeiro para uma parcela da população que não teria condições de arcar com os cursos do ensino superior. Além disso, como contrapartida pelo recebimento das bolsas, o bolsista participa de programas e projetos sociais com visão educativa e devolve para a comunidade em forma de ações e serviços o recurso aplicado por meio das bolsas de estudo e pesquisa. 

Sobre a Católica SC

A Católica SC está organizada em dois centros universitários, localizados em Jaraguá do Sul e em Joinville, e polos, em Itajaí e em Florianópolis. Conta com cursos de graduação, pós-graduação, cursos livres e Educação a Distância (EaD). Em 31 de agosto, completará 48 anos de atuação, sempre de olho no futuro e na inovação, mas sem esquecer suas origens. 

Em Jaraguá do Sul, foi fundada em 1973 como Fundação Educacional Regional Jaraguaense (FERJ), uma instituição comunitária sem fins lucrativos. O primeiro curso, oferecido em 1976, foi o de Estudos Sociais e tinha o objetivo de formar professores. Nos anos seguintes, foram criados diferentes cursos que buscavam atender às demandas da região e contribuir para o desenvolvimento econômico local. Conta com dois endereços na cidade: a tradicional sede na rua dos Imigrantes, 500, e um espaço polo inaugurado em 2019 na Marechal Deodoro da Fonseca, 632, Centro.  

O polo em Itajaí fica no piso L3 do Itajaí Shopping Center. Em Florianópolis, está localizado na rua Tenente Silveira, 221, Centro. O Centro Universitário – Católica de Santa Catarina em Joinville ocupa atualmente o prédio da antiga Wetzel e reforça sua tradição ao ocupar um espaço que faz parte da história da cidade
 

Matérias Relacionadas

Geral

AMA de Jaraguá do Sul completa 30 anos

Entidade promove ao longo desse mês o pedágio digital. Saiba como contribuir
AMA de Jaraguá do Sul completa 30 anos
Educação

Mais de 800 alunos do SENAI em SC participam de disputa de inovação

O tema em  2021 será Gestão Visual Andon 4.0, que foi proposto pela Tupy, indústria sediada em Joinville e que é apoiadora desta edição
Mais de 800 alunos do SENAI em SC participam de disputa de inovação
Geral

Um ano após acidente, professora Lúcia Nishigawa será homenageada

Neste sábado (28), a Escola Elza Grazzoto Ferraz fará a entrega de uma placa ao laboratório da instituição de ensino, que agora levará o nome da professora
Um ano após acidente, professora Lúcia Nishigawa será homenageada
Política

MP vai investigar prefeito que exonerou professor 'por viadagem' em SC

Caso aconteceu em Criciúma após professor mostrar clipe do cantor Crioulo a estudantes do 9º ano
MP vai investigar prefeito que exonerou professor 'por viadagem' em SC
Ver mais de Educação