Banner Proauto
Preços

Governo autoriza reajuste de até 4,76% no preço dos remédios

31 Mar 2017 - 11h19
Governo autoriza reajuste de até 4,76% no preço dos remédios -

Os preços dos remédios poderão subir até 4,76% a partir desta sexta-feira (31). Resolução da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed), órgão do governo formado por representantes de vários ministérios, fixou em 4,76% o reajuste máximo permitido aos fabricantes na definição dos preços dos medicamentos. A decisão foi publicada no "Diário Oficial da União".




A regulação é válida para um universo de mais de 19 mil medicamentos disponíveis no mercado varejista brasileiro.



Em 2016, o reajuste máximo autorizado foi de 12,5%. Em 2015, foi de 7,7%. Em 2014, o reajuste foi de 5,68%.



De acordo com a portaria, o reajuste leva em conta o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 10 de março de 2017, acumulando uma taxa de 4,76%, no período compreendido entre março de 2016 e fevereiro de 2017.



Foram autorizados 3 níveis diferentes de alta, conforme o perfil de concorrência dos produtos, seguindo a lógica de que, nas categorias com um maior número de genéricos, a concorrência é maior e, portanto, o aumento também pode ser maior.



Nível 1: Classes terapêuticas sem evidências de concentração - 4,76%



Nível 2: Classes terapêuticas moderadamente concentradas - 3,06%





Nível 3: Classes terapêuticas fortemente concentradas - 1,36%



G1

GNet

Matérias Relacionadas

Esportes

Palmeiras é tricampeão da Copa Libertadores da América

Deyverson saiu do banco de reserva e definiu título na prorrogação.
Palmeiras é tricampeão da Copa Libertadores da América
Saúde

Não há casos da nova variante identificados no Brasil, diz ministério

Variante B1.1.529 foi batizada de Omicron
Não há casos da nova variante identificados no Brasil, diz ministério
Esportes

Flamengo e Palmeiras buscam a glória eterna da Libertadores

O jogo coloca frente a frente os dois últimos vencedores da competição (o Rubro-Negro da edição 2019 e o Verdão da edição 2020)
Flamengo e Palmeiras buscam a glória eterna da Libertadores
Saúde

Covid-19: ministro anuncia proibição de voos oriundos de seis países

Variante Ômicron preocupa autoridades sanitárias
Covid-19: ministro anuncia proibição de voos oriundos de seis países
Ver mais de Brasil