Greve

Bancários seguem em greve e negociam amanhã com Fenaban

08 Set 2016 - 17h41
A greve dos bancários, que começou há dois dias, continua hoje (8) em todo o país. Amanhã (9), em São Paulo, haverá uma reunião entre a categoria e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) para novas negociações.

Entre as principais reivindicações da categoria estão reajuste salarial de 14,78%, sendo 5% de aumento real, com inflação de 9,31%; participação nos lucros e resultados de três salários mais R$ 8.297,61; piso salarial de R$ 3.940,24; vales-alimentação, refeição, 13ª cesta e auxílio-creche/babá no valor do salário-mínimo nacional (R$ 880); 14º salário; fim das metas abusivas e assédio moral; fim das demissões, ampliação das contratações, combate às terceirizações e à precarização das condições de trabalho; mais segurança nas agências bancárias e auxílio-educação.

Até agora, a proposta dos bancos foi de 6,5% de reajuste com R$ 3 mil de abono para os trabalhadores.

 

As informações são da

Agência Brasil
Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Advogada explica sobre atendimento nas agências do INSS

Especialista comentou sobre as formas de contato com o Instituto Nacional do Seguro Social, por exemplo, central telefônica 135 e o canal Meu INSS, através da internet
Advogada explica sobre atendimento nas agências do INSS
Esportes

Grêmio vira sobre Internacional e fica a um empate do tetra gaúcho

Diego Souza e Ricardinho, ambos pelo alto, decretam vitória por 2 a 1
Grêmio vira sobre Internacional e fica a um empate do tetra gaúcho
Política

Parentes, amigos e apoiadores se despedem de Bruno Covas

Corpo do prefeito seguiu em cortejo pelo centro da capital paulista
Parentes, amigos e apoiadores se despedem de Bruno Covas
Saúde

Paraná restringe atividades para conter pandemia de covid-19

Limitações vigoram até esta segunda-feira, mas pode haver reavaliação
Paraná restringe atividades para conter pandemia de covid-19
Ver mais de Brasil