Delivery Much
VARIEDADES

'Vingadores - Ultimato': O preço do heroísmo

24 Abr 2019 - 08h22Por Luiz Carlos Merten

Pode parecer maluquice do repórter, mas Vingadores - Ultimato, que toma de assalto o mercado brasileiro nesta quinta-feira, 25, tem muito a ver com filmes nacionais pequenos, quase miúras, que também estão entrando ou já estão em cartaz. E curiosidade - são filmes dirigidos por mulheres - Los Silencios, de Beatriz Seigner; Chuva É Cantoria na Aldeia dos Mortos, de Renée Nader Messora (codireção de João Salaviza); e A Sombra do Pai, de Gabriela Amaral Almeida, que entra mais adiante.

Não importa o tamanho nem a verba desses filmes - um minuto das mais de três horas de efeitos de Avengers pode ter sido suficiente para pagar os outros três. É melhor deixar dinheiro de lado e ir ao ponto. São todos filmes sobre luto.

Luto, num filme de super-heróis. Recapitulando. No final de Vingadores - Guerra Infinita, Thanos, o maior vilão da Marvel, empoderado pelas Joias do Infinito, destrói metade das vidas da Terra. Sobram o Homem de Ferro, sem rumo no espaço; Capitão América e Natasha Romanov. Cuidado que o texto vai ter spoiler.
Como as primeiras mil sessões do filme no Brasil - nos EUA estreia no dia 26 - já estão lotadas, você pode deixar para ler depois. Seria até recomendável.

Vamos tentar minimizar os spoilers, então. A pergunta que não quer calar - é bom? Joe e Anthony Russo não decepcionam. Mas nunca, como aqui, eles tomaram tanto tempo para contar sua história. O épico vira uma epopeia. A sobrevivência da Terra, e da humanidade, por meio do sacrifício dos super-heróis. Sacrifício? Sim, morre gente no começo e no fim de Ultimato, mas você terá de passar pelos 182 minutos para descobrir quem.

A primeira cena é com Jeremy Renner, o Gavião Arqueiro. Na segunda, Capitão (América) e o Homem de Ferro já estão brigando. Na terceira ou quarta, o Homem-Formiga volta do Universo Quântico com a proposta salvadora. E se os super-heróis viajarem ao passado, em busca das joias, antes que Thanos se aposse delas? Talvez esteja aí a chave para restaurar a força do grupo. Em outro universo, o da DC, Superman já ressuscitou em Liga da Justiça. Por que não? A grande novidade, e de novo o spoiler, é a força das mulheres. Brie Larson, que mal ganhou seu filme próprio, volta tão poderosa que, pelo menos em duas oportunidades, no começo e no fim, salva a parada, nisso repetindo a Mulher-Maravilha que também reunia o grupo em Liga da Justiça. De repente, baixa a mãe África e são as heroínas de Wakanda contra Thanos.

Na coletiva de lançamento de Ultimato em Los Angeles, vale lembrar o texto que Mariane Morisawa publicou no jornal O Estado de S. Paulo, no domingo, 21. O codiretor Joe Russo disse que não tinha outra palavra para definir seu filme (e do irmão Anthony). Garantiu que era/é catártico. E os roteiristas Christopher Marcus e Stephen McFelly - "O filme questiona qual o preço do heroísmo, qual o custo de fazer a coisa certa diante da perda e do sofrimento."

Apesar das muitas brincadeiras sobre a viagem no tempo, é isso que está em jogo. Todos naquele grupo sabem que é tudo ou nada. O que houve no filme anterior foi uma tragédia que os sobreviventes encaram. Isso significa mais drama, mais intensidade dos conflitos, mas não, necessariamente, menos ação nem menos efeitos. O filme é mais ambicioso, necessita de mais tempo para que o espectador possa absorver tudo. A perda e a reação, por isso a duração e mais de três horas.

Ao longo de dez anos, a Marvel construiu seu universo cinematográfico por meio de 22 filmes. Esse, claramente, encerra uma fase. É a aposta mais ambiciosa do estúdio. A Marvel acredita num retorno planetário da ordem de bilhões de dólares. Hollywood acredita nos números de Vingadores - Ultimato para fechar suas contas do ano com lucro.

O que ocorrerá com esses super-heróis? Não é frequente vê-los sofrendo, chorando, envelhecendo. Alguns estão se despedindo. Thor, o deus Chris Hemsworth perdeu a forma e virou um beberrão barrigudo. Há uma passagem - de uniformes, escudos. Reaparece gente que você nem lembrava do Universo Marvel. O guardião da galáxia Quill reaparece praticamente só para tomar porrada de Zamora. Oh, não, sua ferramenta de ladrão intergaláctico será decisiva na recuperação de uma das joias. Rocket e Graveto rendem algumas das melhores piadas. Quando Homem-Formiga ameaça surpreender Natasha com uma proposta absurda, ela, vacinada, retruca que nada pode ser mais absurdo do que receber e-mails de um guaxinim falante.

Vingadores - Ultimato aposta é nisso. Nessa familiaridade nossa - nós o público - com esses super-heróis que vimos acompanhando há dez anos. Claro que existe um outro compartimento, o do filme de arte, mas voltando ao começo (do texto) Joe e Anthony Russo, com mais recursos, estão contando a mesmíssima história de morte, luto e superação de filmes como Los Silencios, Chuva É Cantoria na Aldeia dos Mortos e A Sombra do Pai. É só não se fechar para o inesperado e o maravilhoso. Quem diria, mas o mundo dos super-heróis ainda reserva surpresas.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Saúde

Corupá confirma sexta morte por Coronavírus

A prefeitura lembra que as medidas de prevenção ao Coronavírus devem ser reforçadas por todos os moradores.
Variedades

Prestação de contas amplia chances de captação de recursos para projetos sociais

Lives do Fundo Social podem ser conferidas no canal do SESI/SC no YouTube
Prestação de contas amplia chances de captação de recursos para projetos sociais
Variedades

Fundo Social aborda nesta terça (27) Lei de Incentivo ao Esporte

Mundo

Missão japonesa fará imagens de Marte e suas luas em alta definição

Além de fazer imagens, a missão pretende coletar areia obtida em solo
Missão japonesa fará imagens de Marte e suas luas em alta definição
Ver mais de Variedades