Joaçaba Pneus
VARIEDADES

Fernanda Lima explica processo contra Eduardo Costa: 'inibir agressões'

15 Dez 2018 - 12h48

A apresentadora Fernanda Lima usou seu perfil no Instagram na sexta-feira, 14, para fazer um esclarecimento a respeito do processo que está movendo contra o cantor Eduardo Costa. Ela também atribuiu a situação à qual vem passando ao machismo presente na sociedade.

"Depois de ser difamada, agredida e ameaçada por ele através de um post indignado, procurei orientação jurídica a fim de proteger a mim e à minha família. Fui orientada a processá-lo, pois dessa forma inibiria agressões futuras. E assim o fiz."

Segundo Fernanda, as desculpas dadas por Eduardo Costa teriam sido feitas após ela já ter autorizado o processo, "deixando claro que não se arrepende do que disse, e sim da forma como disse."

A apresentadora ainda relatou que tem recebido mensagens de ódio por parte dos fãs do sertanejo: "Ontem mesmo minha assessoria recebeu telefonema de um fã dele me ameaçando."

Fernanda Lima afirmou "não entender" as desculpas dadas por Eduardo e demonstrou não estar convencida de que sejam reais. "Além disso, um pedido de desculpa verdadeiro pode até ser louvável, mas ele não repara o mal que fez à vítima", complementou.

"Faz parte do machismo estrutural transformar a vítima em ré. Era justamente esse o assunto do meu programa Amor & Sexo que tanto indignou o meu agressor."

A apresentadora também aproveitou o espaço para desmentir notícias publicadas na imprensa de que teria ficado "possessa" ao saber da entrevista de Eduardo Costa a Pedro Bial e de que teria tentado impedir que o cantor fizesse parte de outros programas na emissora.

"Não tenho ingerência sobre a escolha dos convidados dos programas da emissora - com exceção do Amor & Sexo", afirmou, antes de concluir ressaltando sobre "como é importante falarmos e sabotarmos essa engrenagem machista".

Entenda o caso

A confusão entre os dois começou após a apresentadora fazer um discurso incisivo sobre o conservadorismo durante o Amor & Sexo que foi ao ar em 6 de novembro.

Na ocasião, Fernanda foi chamada de "imbecil" (entre outras ofensas) por Eduardo Costa, que também afirmou, por meio de seu perfil no Instagram: "a mamata vai acabar, a corda sempre arrebenta pro lado mais fraco e o lado mais fraco hoje é o que ela está".

Posteriormente, o cantor voltou atrás e pediu desculpas. No dia 30 de novembro, Costa foi entrevistado pelo Conversa com Bial, da Globo, mesma emissora em que Fernanda trabalha, e pediu desculpas por meio de um vídeo.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Economia

Em abril, indústria de SC gerou 4,6 mil novas vagas de emprego

Saúde

Guaramirim fará vacinação da covid nesta sexta-feira em idosos acima de 60 anos

Serão atendidos os idosos pré-cadastrados do número 3511 até o 3751
Guaramirim fará vacinação da covid nesta sexta-feira em idosos acima de 60 anos
Saúde

Em dois dias, Jaraguá registra nove mortes por covid-19 

Ao todo, já são 272 óbitos pela doença no município.
Em dois dias, Jaraguá registra nove mortes por covid-19 
Geral

32ª edição Schützenfest é adiada para 2022

De acordo com o presidente da CCO, Alcides Pavanello, a decisão se deve às incertezas quanto aos prazos de imunização contra a covid-19 de toda a população
32ª edição Schützenfest é adiada para 2022
Ver mais de Variedades