Perigo na rede

Especialista alerta que vida online das crianças é responsabilidade dos pais

É necessário que os pais tenham controle do que os filhos estão acessando e/ou assistindo

22 Mar 2019 - 06h00Por Heloisa Ristow
Especialista alerta que vida online das crianças é responsabilidade dos pais -

A internet se tornou um portal de comunicação e entretenimento aberto para qualquer pessoa. Crianças e adolescentes tem a possiblidade de assistir qualquer conteúdo disponível, o que acabou gerando uma preocupação maior para os pais. Para auxiliar no controle dos sites acessados, algumas redes sociais criaram plataformas específicas para certas idades.

Câmara de Vereadores de Jaraguá

Dentro do Youtube, foi criado o Youtube Kids, aplicativo que fornece uma versão do serviço voltado para crianças, com seleções curadas de conteúdo, recursos de controle dos pais e filtragem de vídeos que não são considerados apropriados para o público-alvo. Mesmo assim, os pais precisam ter o controle do que os filhos estão assistindo.

Agora, além de assistirem vídeos de desenhos, as crianças estão se interessando por youtubers famosos. Pessoas que antes eram vistas apenas por adultos, acabam influenciando o desenvolvimento dos pequenos.

A psicóloga Gabriella Zonta, que atende principalmente o público infantojuvenil, explica que as crianças e os adolescentes acabam encontrando nos youtubers uma oportunidade de serem vistas, ouvidas e compreendidas, mas que estas figuras podem causar mudanças no cotidiano de quem as assiste.

Gabriella explica que é um tema emergente no cotidiano de hoje em dia, trazendo grande impacto na vida dos seguidores.

Para os pais, é necessário ter o controle do que os filhos estão acessando. Os conteúdos postados na internet podem viralizar de tal forma que acabe influenciando de maneira positiva ou negativa as crianças e os adolescentes. A psicóloga afirma que é responsabilidade dos pais avaliar os seguidores da criança nas redes sociais.

Segundo ela, é perigoso deixar a criança ou o adolescente navegar nas redes sociais sem nenhum auxílio adulto. Desafios como “Baleia Azul” e “Momo” podem ser encontrados facilmente e acabar ajudando no desenvolvimento de doenças como a depressão.

Zonta explica que os pais precisam trazer seus filhos para o mundo real, participando mais da vida deles e auxiliando no crescimento. “Dê oportunidade para seu filho se conectar com você, oportunidade para que ele se sinta à vontade e bem para conversar sobre qualquer tema de seu interesse”, completa.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Saúde

Cirurgias eletivas são suspensas por 20 dias em SC

Não estão suspensas as urgências e as emergências e nem os procedimentos tempo-sensíveis - aqueles em que a vida do paciente pode estar em risco
Cirurgias eletivas são suspensas por 20 dias em SC
Geral

Calendário chinês: começa o Ano do Boi

Ano Novo Lunar teve início na sexta-feira
Geral

Após serem resgatados, cães aguardam um novo lar em Guaramirim

Os animais já estão vacinados, castrados e microchipados
Após serem resgatados, cães aguardam um novo lar em Guaramirim
Geral

Scar abre inscrições para cursos gratuitos de música e dança 

Neste ano, por causa da pandemia do novo coronavírus, todos os encontros dos projetos seguem cuidados rigorosos
Scar abre inscrições para cursos gratuitos de música e dança 
Ver mais de Variedades