Segurança

Modelo catarinense de ressocialização de presos termina o ano como referência nacional

24 Dez 2019 - 17h30Por Da Redação
Modelo catarinense de ressocialização de presos termina o ano como referência nacional - Crédito: Julio Cavalheiro / Arquivo / Secom Crédito: Julio Cavalheiro / Arquivo / Secom

A Secretaria de Administração Prisional e Socioeducativa (SAP) encerra o ano de 2019 com excelentes conquistas, como o reconhecimento do sistema prisional de Santa Catarina como um modelo para todo o Brasil. Em abril, após visitas às unidades catarinenses, o Departamento Penitenciário Nacional (Depen) emitiu uma nota técnica que recomenda o modelo de atividade laboral e a sistemática do Fundo Rotativo de SC como prática a ser adotada em todos os estados.

Com 7,2 mil presos trabalhando em atividades industriais, o estado é referência de capacitação e reabilitação social e econômica dos internos.

“O reconhecimento que recebemos de órgãos federais, bem como das áreas de administração prisional de outros estados, aumenta a nossa responsabilidade em melhorar. Os gestores das unidades são fundamentais nesse processo mas também temos que destacar e agradecer o trabalho de todos os operadores do sistema, principalmente dos profissionais que estão no dia-a-dia nos estabelecimentos penais e unidades socioeducativas. Na SAP, todas as pessoas são importantes para consolidação das políticas de reabilitação”, observou o secretário de Administração Prisional e Socioeducativa, Leandro Lima.

Outra conquista alcançada neste ano – e que está possibilitando ampliar e consolidar as políticas de reabilitação social e econômica no âmbito prisional e socioeducativo – foi a mudança da pasta, com a reforma administrativa, que antes era de Justiça e Defesa da Cidadania.

O secretário Leandro Lima destacou que a SAP está estruturada em três pilares: formação reconhecimento e valorização do servidor; políticas de reabilitação socioeconômica; investimentos em infraestrutura.

Concurso Público e obras

Outro importante impulso para o sistema prisional foi a realização do Concurso Público para preechimento de 600 vagas de agente penitenciário. “O ingresso dos novos profissionais permitirá a abertura de novas unidades prisionais”, assinalou Leandro Lima.
Há obras em andamento como a construção da Penitenciária de São Bento do Sul, com recursos federais de R$ 23 milhões. A unidade tem um moderna arquitetura prisional que já contempla espaços para a instalação de oficinas de trabalho, salas de aula, espaços adequados para atendimento médico, área de convivência e controle aéreo das celas. Com capacidade para 360 novas vagas, ela deve aliviar o sistema na região Norte.

A ampliação do Presídio de Joinville também está em ritmo acelerado. Com investimento de cerca de R$ 7 milhões, o projeto prevê a demolição de dois pavilhões antigos para reconstrução de novos complexos, com espaços para sala de aula e oficinas de trabalho. Os pavilhões irão garantir 123 novas vagas ao presídio.

Controle de gastos

Seguindo as diretrizes propostas pelo Governo do Estado, outro fato que merece ser destacado foi a possibilidade de aprimorar um modelo de gestão focado no uso racional dos recursos públicos, com controle e avaliação permanente dos gastos, de forma transparente, ética, com foco em resultados e apoiado em indicadores.

As duas grandes áreas administradas pela SAP – sistema prisional e socioeducativo — são complexas e sensíveis por natureza. O sistema prisional tem 23 mil internos alocados em 51 unidades divididos entre regime fechado e semiaberto. De acordo com a legislação é disponibilizada uma estrutura que contempla as demandas nas áreas de saúde, com atendimento médico e odontológico, ensino (EJA, educação formal e profissionalizante), capacitação para o trabalho, assistência social e políticas de apoio ao egresso.

No sistema socioeducativo, o Dease administra 433 adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa nas 25 unidades localizadas em todas as regiões. 

Matérias Relacionadas

Segurança

Dupla é presa por estelionato contra cliente de banco em Jaraguá

fato ocorreu na manhã de sábado (24) na Barra do Rio Cerro
 Dupla é presa por estelionato contra cliente de banco em Jaraguá
Segurança

Mulher tem rosto desfigurado após ser agredida pelo marido em Jaraguá

Vítima foi atingida com soco na face
Mulher tem rosto desfigurado após ser agredida pelo marido em Jaraguá
Segurança

Homem furta veículo após comprador não pagar dívida em Jaraguá

Fato ocorreu na noite de sábado (24).
Homem furta veículo após comprador não pagar dívida em Jaraguá
Segurança

Homem é preso após estrangular a companheira em Jaraguá

Segundo a PM, o caso de lesão corporal grave ocorreu na noite de sábado (24)
Homem é preso após estrangular a companheira em Jaraguá
Ver mais de Segurança