Unimed
Saúde

Sistema de saúde pode entrar em colapso em abril, diz ministro

Estimativa é que em agosto ocorra um movimento de queda da Covid-19

21 Mar 2020 - 12h07Por Da Redação

O sistema de saúde pode entrar em colapso em abril em decorrência da pandemia do novo coronavírus, disse ontem, (20) o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, durante videoconferência da qual participaram o presidente Jair Bolsonaro e representantes de associações empresariais brasileiras hoje (20).
A estimativa do Ministério da Saúde é que haja um crescimento dos casos do Covid-19 nos próximos 10 dias, uma subida mais aguda em abril, permanecendo alta em maio e junho. A partir de julho é a expectativa de início da desaceleração. Em julho começa um plateau (estabilidade) e em agosto um movimento de queda. Mas a intensidade depende das medidas adotadas e do comportamento das pessoas, destacou Mandetta. Neste sentido, o ministro reiterou a importância da redução de circulação e iniciativas de isolamento. “Para evitar esse colapso eventualmente pode ser necessário segurar a movimentação para ver se consegue diminuir a transmissão. Quando tomamos medida de segurar 14 dias, o impacto só é sentido 28 dias depois. A cadeia é sustentada e você quebra”, comentou Mandetta.

Matérias Relacionadas

Saúde

Jaraguá confirma nova morte pela covid-19

Ao todo, já são 396 óbitos pela doença no município.
Jaraguá confirma nova morte pela covid-19
Saúde

Com 60% da população vacinada, mortes e casos de covid-19 caem 40%

São 96 milhões de brasileiros vacinados com, pelo menos, a 1ª dose
Com 60% da população vacinada, mortes e casos de covid-19 caem 40%
Saúde

Cuidar da saúde bucal é fundamental

Saiba como
Cuidar da saúde bucal é fundamental
Saúde

AstraZeneca e Coronavac: Agendados até dia 31 podem adiantar a 2ª dose em Jaraguá

O adiantamento não implica em contraindicação, pois obedece o intervalo mínimo necessário
AstraZeneca e Coronavac: Agendados até dia 31 podem adiantar a 2ª dose em Jaraguá
Ver mais de Saúde