Unimed
Saúde

Prefeitura afirma que estoques do kit intubação ainda atendem demanda em Jaraguá

Os sedativos anestésicos são medicamentos usados nos pacientes internados nas unidades de Terapia Intensiva (UTIs), que precisam ser intubados

15 Abr 2021 - 19h23Por Janici Demetrio
Prefeitura afirma que estoques do kit intubação ainda atendem demanda em Jaraguá - Crédito: Divulgação / PMJS Crédito: Divulgação / PMJS

A possibilidade de desabastecimento de medicações sedativas, os chamados kits de intubação (sedativos, neurobloqueadores, anestésicos) usados em pacientes graves internados com covid-19, preocupa as equipes médicas em hospitais pelo país.

Em Jaraguá do Sul, de acordo com o presidente da Associação Médica, Dr. Rodrigo Ferreira, os estoques destes medicamentos, embora bastante reduzidos, ainda permitem trabalhar com a assistência adequada aos pacientes. Segundo ele, a expectativa é de reabastecimento para os próximos dias.

“Nós aguardamos, com grande expectativa, a chegada de mais medicamentos, o mais breve possível. Eles devem ser disponibilizados pela Secretaria de Estado da Saúde em ação conjunta com o Ministério da Saúde”, informa.

Os sedativos anestésicos são medicamentos usados nos pacientes internados nas unidades de Terapia Intensiva (UTIs), que precisam ser intubados. Eles têm a função de manter a pessoa sedada e relaxada enquanto ela respira com a ajuda de um aparelho respirador.

“São medicações importantes para que não haja prejuízo na qualidade dos atendimentos. Claro que é motivo de grande preocupação para nós, que atuamos dentro dos hospitais”, salienta Rodrigo Ferreira.


Segundo o secretário de Saúde, Alceu Gilmar Moretti, o Comitê Gestor da covid-19 em Jaraguá do Sul já oficializou o estado sobre a necessidade de manter em dia o abastecimento dos estoques. De acordo com ele o problema não passa pela questão financeira, mas pela escassez de produtos no mercado.

“São medicamentos fundamentais, inclusive, para mantermos os leitos de UTI ativos”, reforça.

O presidente da Associação Médica pede a colaboração das pessoas para que sigam as orientações de prevenção à covid-19 a fim de desacelerar os números de contaminados e, por consequência, os casos graves que necessitam de internações e acabam por sobrecarregar os hospitais.

“Com a ajuda de todos, nós vamos superar esses desafios”, finaliza.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Saúde

Estado define data para início da vacinação contra a covid de professores

De acordo com o levantamento, cerca de 176 mil professores e demais profissionais das instituições de ensino Básico e Superior poderão ser imunizados.
Estado define data para início da vacinação contra a covid de professores
Saúde

Posto de Saúde Wolfgang Weege retorna ao atendimento normal nesta semana

Unidade fica exclusiva para pacientes com suspeita de covid-19 somente até esta terça-feira. Na quarta-feira (19), passa a ser unidade distrital, com horário ampliado.
Posto de Saúde Wolfgang Weege retorna ao atendimento normal nesta semana
Saúde

Jaraguá libera vacina covid para 35 anos, com comorbidade ou deficiência

A vacinação contra a covid-19 continua liberada para pessoas com 60 anos ou mais. Segue também a imunização dos profissionais da saúde, em atuação, a partir dos 18 anos, com comprovação da atividade.
Jaraguá libera vacina covid para 35 anos, com comorbidade ou deficiência
Saúde

Guaramirim faz mais de 500 testes para Covid-19 em pessoas assintomáticas

Ação ocorreu no último sábado (15)
Guaramirim faz mais de 500 testes para Covid-19 em pessoas assintomáticas
Ver mais de Saúde