GNet
Saúde

Outubro Rosa chama a atenção para o diagnóstico precoce do câncer de mama

Em Jaraguá do Sul, a Rede Feminina de Combate ao Câncer está à frente da Campanha que neste ano traz o tema “ A vida muda em um toque”

01 Out 2020 - 13h35Por Da Redação
Outubro Rosa chama a atenção para o diagnóstico precoce do câncer de mama - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

O mês de outubro traz consigo a campanha de prevenção do câncer de mama.  O objetivo do Outubro Rosa é conscientizar a população sobre a importância da prevenção e incentivar a realização de exames para detectar a doença precocemente.

Em Jaraguá do Sul, a Rede Feminina de Combate ao Câncer está à frente da Campanha que neste ano traz o tema “ A vida muda em um toque”. O propósito é gerar a consciência de que algo tão simples e que toma tão pouco tempo, como um toque (autoexame das mamas), tem poder de mudar a vida.

Neste ano, por causa da pandemia de Covid-19, palestras e ações externas não serão realizadas. Porém, as redes sociais serão ferramentas para divulgação de conteúdos informativos. Durante todo o mês, vídeos com profissionais da saúde de diversas áreas serão veiculados. O Projeto Prevenção em Ação será muito importante para que as pessoas recebam informações e mudem atitudes e hábitos.

 No dia 17 de outubro, das 8 às 12 horas, na sede da Rede Feminina, será feita a doação de 100 mamografias à mulheres residentes em Jaraguá do Sul, na faixa etária entre 40 e 49 anos e a partir de 70 anos. Os resultados serão monitorados e caso seja necessário, o exame complementar de ecografia também será doado pela entidade.

Vale lembrar que, até o dia 25 de outubro, doações para a Rede Feminina de Jaraguá do Sul  podem ser feitas pelo site www.redefemininajs.com.br. Qualquer valor pode ser doado na conta bancária (Rede Feminina de Combate ao Câncer de Jaraguá do Sul – CNPJ: 79.362.000/0001-91 – Banco do Brasil – Agência 0405-7 – Conta: 4344-3) ou pelas plataformas PicPay e PagSeguro.  Todos os recursos arrecadados serão utilizados para a manutenção da entidade e para o atendimento aos pacientes oncológicos.

A venda de camisetas e de produtos alusivos à campanha teve início no mês de setembro e tem continuidade durante o mês de outubro com o objetivo de arrecadar recursos para a entidade.

Na sede da Rede Feminina, camisetas (R$ 25,00), máscaras (R$ 5,00), bótons (R$ 5,00) e brincos (R$ 14,00) são vendidos no contêiner. 

A Rede Feminina de Combate ao Câncer faz apelo para que os estabelecimentos comerciais decorem suas vitrines com a cor rosa. Assim, a cidade terá intensificada a cor da prevenção do câncer de mama e mais pessoas lembrarão da importância do autocuidado e de hábitos saudáveis.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região?CLIQUE AQUIe receba diretono seu WhatsApp! 

GNet

Matérias Relacionadas

Saúde

HIV: Brasil tem 694 mil pessoas em terapia antirretroviral

Só neste ano, 45 mil pessoas iniciaram o tratamento no país
HIV: Brasil tem 694 mil pessoas em terapia antirretroviral
Saúde

SC lança nota de alerta sobre a nova variante de preocupação Ômicron

Entre as principais orientações está a organização de estratégias de preparação e resposta frente a uma possível nova onda de casos e intensificação de vacinação
SC lança nota de alerta sobre a nova variante de preocupação Ômicron
Saúde

Anvisa: dois casos da variante Ômicron são identificados no Brasil

Instituto Adolfo Lutz vai fazer análise confirmatória
Anvisa: dois casos da variante Ômicron são identificados no Brasil
Saúde

Médico que atuou no enfrentamento da pandemia em Jaraguá é homenageado

Dr. Rodrigo Ferreira de Souza recebeu a Comenda do Legislativo Catarinense
Médico que atuou no enfrentamento da pandemia em Jaraguá é homenageado
Ver mais de Saúde