dengue
Saúde

Morador de Jaraguá é diagnosticado com febre amarela

O homem de 40 anos é morador de Jaraguá do Sul e não tem registro de vacina no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI)

03 Fev 2020 - 17h45Por Janici Demetrio

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) confirmou na o segundo caso de febre amarela em humano neste ano. O paciente está internado no Hospital Nereu Ramos, em Florianópolis, unidade referência de infectologia em Santa Catarina. O Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen/SC) confirmou o diagnóstico para a doença no último domingo, dia 2. O homem de 40 anos é morador de Jaraguá do Sul e não tem registro de vacina no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI). 

O primeiro paciente diagnosticado com febre amarela neste ano, no dia 24 de janeiro, também permanece internado no mesmo hospital. Ele tem 47 anos e é morador do município de São Bento do Sul, também sem registro de vacina no sistema. Em 2019, o estado registrou duas mortes em humanos por conta da doença. A febre amarela é uma doença grave, transmitida por mosquitos em áreas silvestres e próximas de matas. A vacinação é a melhor forma de se proteger da doença. A dose é gratuita. Até o momento, a cobertura vacinal do Estado está em 84%, abaixo do que é recomendado pelo Ministério da Saúde, que é de vacinar pelo menos 95% do público-alvo. 

A Secretaria de Estado da Saúde também confirmou mais dois macacos mortos por febre amarela. Os bugios foram localizados em Corupá, no dia 26 de dezembro de 2019, e em Blumenau, no dia 7 de janeiro deste ano. 

No total, foram contabilizadas nove mortes de macacos por febre amarela em 2019 (Garuva, Joinville, Indaial, Jaraguá do Sul, São Bento do Sul e Corupá) e dois animais diagnosticados com a doença em 2020 (Blumenau e Pomerode).


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp! 

Matérias Relacionadas

Saúde

Santa Catarina deve decretar situação de emergência por conta de dengue

Estado registra 17.696 casos prováveis de dengue em 177 municípios catarinenses. Os dados mostram um aumento de 650% em relação ao mesmo período do ano passado
Santa Catarina deve decretar situação de emergência por conta de dengue
Saúde

Santa Catarina registra mais de 200 internações por dengue em 2024

Na segunda-feira (19) pelo menos 79 pessoas estavam internadas por conta da dengue em 20 hospitais do estado
Santa Catarina registra mais de 200 internações por dengue em 2024
Saúde

Jaraguá do Sul intensifica ações no combate à dengue

Reunião com representantes de entidades definiu a organização de um Dia "D" de combate ao mosquito da dengue, com ações focadas na prevenção
 Jaraguá do Sul intensifica ações no combate à dengue
Geral

A importância do autocuidado na vida sexual e nas relações

Neste contexto, exploraremos a importância do autocuidado na vida sexual e nas relações, destacando como esse aspecto influencia diretamente a qualidade dos vínculos afetivos
A importância do autocuidado na vida sexual e nas relações
Ver mais de Saúde