Unimed
Saúde

Dia Mundial do Rim enfatiza a prevenção e o tratamento precoce

Estima-se que 850 milhões de pessoas no mundo tenham alguma doença renal

14 Mar 2019 - 08h30Por Fundação Pró-Rim
Dia Mundial do Rim enfatiza a prevenção e o tratamento precoce -

O Dia Mundial do Rim de 2019 é realizado no dia 14 de março, trazendo o tema “Saúde dos Rins Para Todos”. O objetivo da campanha mundial é promover a prevenção das doenças renais, considerando que os casos que necessitam do tratamento de diálise e do transplante aumentam a cada ano.

IPTU 2021 JARAGUÁ

Segundo dados divulgados pela organização do World Kidney Day, responsável pela organização da campanha, estima-se que 850 milhões de pessoas no mundo tenham doenças renais de várias causas. A Doença Renal Crônica (DRC) causa pelo menos 2,4 milhões de mortes por ano, com uma taxa crescente de mortalidade.

As doenças renais crônicas são condições impactantes para o aumento da mortalidade de outras doenças, em função dos fatores de risco, incluindo as doenças cardiovasculares, diabetes, hipertensão, obesidade e infecções.

Prevenção é a palavra de ordem
A campanha desse ano quer promover a saúde do rim para todos, independente da sua região e condição social, enfatizando a prevenção e o tratamento precoce da doença renal.

As causas e as consequências da doença renal ainda são desconhecidas pela maioria da população. A disseminação das informações sobre a prevenção e do rastreamento das doenças renais devem estar acessíveis. 

“A população deve estar atenta ao estilo de vida e o acompanhamento médico, principalmente em casos específicos, como a diabetes e a hipertensão. Adotar uma alimentação saudável, praticar exercícios físicos regularmente, fazer a ingestão de água, controlar o tabagismo e a obesidade, são fatores simples que podem prevenir o aparecimento das doenças renais”, explica Dr. Marcos Alexandre Vieira, nefrologista e presidente da Pró-Rim, instituição atuante em todas as edições da campanha do Dia Mundial do Rim e referência nacional no tratamento das doenças renais.

A doença renal crônica, considerada uma epidemia silenciosa, na maioria das vezes, chega de forma lenta, progressiva e quase sem sintomas. Para que o diagnóstico seja feito o mais cedo possível, é muito importante a realização do exame de creatinina, feito pelo exame de sangue. “Quando for fazer os exames de rotina, peça ao seu médico para incluir o exame de sangue para checar as dosagens de creatinina e uréia no sangue. É um exame simples e acessível para a população”, acrescenta Dr. Marcos.

Infelizmente o exame não está incluso no hemograma completo, usado para o diagnóstico e controle de várias doenças. A orientação é que o paciente solicite ao seu médico a inclusão do exame de creatinina no checkup de rotina. O diagnóstico de doença renal de forma precoce auxilia no tratamento e evita que as pessoas necessitem do transplante ou da diálise.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Saúde

Confederação de municípios pede urgência na aquisição de vacinas

Prefeitos classificam momento da pandemia como "crítico"
Confederação de municípios pede urgência na aquisição de vacinas
Saúde

SC confirma mais sete casos da variante brasileira do coronavírus

Com maus estes registros chega a 17 o número de confirmações da variante no Estado
Política

Sessão Extraordinária vai votar recursos para abrir leitos de UTI contra covid-19 em Jaraguá

Após a aprovação do Legislativo, os leitos devem ser abertos ainda nesta semana
Sessão Extraordinária vai votar recursos para abrir leitos de UTI contra covid-19 em Jaraguá
Saúde

Pela segunda semana seguida, SC inteira está com risco gravíssimo para covid-19

Das 16 regiões, seis receberam nota máxima em todos os quesitos analisados: Xanxerê, Extremo Oeste, Médio Vale do Rio Itajaí, Meio Oeste, Foz do Rio Itajaí e Alto Uruguai Catarinense.
Pela segunda semana seguida, SC inteira está com risco gravíssimo para covid-19
Ver mais de Saúde