Joaçaba Pneus
Saúde

Dia Mundial do Rim enfatiza a prevenção e o tratamento precoce

Estima-se que 850 milhões de pessoas no mundo tenham alguma doença renal

14 Mar 2019 - 08h30Por Fundação Pró-Rim
Dia Mundial do Rim enfatiza a prevenção e o tratamento precoce -

O Dia Mundial do Rim de 2019 é realizado no dia 14 de março, trazendo o tema “Saúde dos Rins Para Todos”. O objetivo da campanha mundial é promover a prevenção das doenças renais, considerando que os casos que necessitam do tratamento de diálise e do transplante aumentam a cada ano.

Segundo dados divulgados pela organização do World Kidney Day, responsável pela organização da campanha, estima-se que 850 milhões de pessoas no mundo tenham doenças renais de várias causas. A Doença Renal Crônica (DRC) causa pelo menos 2,4 milhões de mortes por ano, com uma taxa crescente de mortalidade.

As doenças renais crônicas são condições impactantes para o aumento da mortalidade de outras doenças, em função dos fatores de risco, incluindo as doenças cardiovasculares, diabetes, hipertensão, obesidade e infecções.

Prevenção é a palavra de ordem
A campanha desse ano quer promover a saúde do rim para todos, independente da sua região e condição social, enfatizando a prevenção e o tratamento precoce da doença renal.

As causas e as consequências da doença renal ainda são desconhecidas pela maioria da população. A disseminação das informações sobre a prevenção e do rastreamento das doenças renais devem estar acessíveis. 

“A população deve estar atenta ao estilo de vida e o acompanhamento médico, principalmente em casos específicos, como a diabetes e a hipertensão. Adotar uma alimentação saudável, praticar exercícios físicos regularmente, fazer a ingestão de água, controlar o tabagismo e a obesidade, são fatores simples que podem prevenir o aparecimento das doenças renais”, explica Dr. Marcos Alexandre Vieira, nefrologista e presidente da Pró-Rim, instituição atuante em todas as edições da campanha do Dia Mundial do Rim e referência nacional no tratamento das doenças renais.

A doença renal crônica, considerada uma epidemia silenciosa, na maioria das vezes, chega de forma lenta, progressiva e quase sem sintomas. Para que o diagnóstico seja feito o mais cedo possível, é muito importante a realização do exame de creatinina, feito pelo exame de sangue. “Quando for fazer os exames de rotina, peça ao seu médico para incluir o exame de sangue para checar as dosagens de creatinina e uréia no sangue. É um exame simples e acessível para a população”, acrescenta Dr. Marcos.

Infelizmente o exame não está incluso no hemograma completo, usado para o diagnóstico e controle de várias doenças. A orientação é que o paciente solicite ao seu médico a inclusão do exame de creatinina no checkup de rotina. O diagnóstico de doença renal de forma precoce auxilia no tratamento e evita que as pessoas necessitem do transplante ou da diálise.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!

Matérias Relacionadas

Saúde

Jaraguá libera vacinação contra a covid-19 para pessoas com 52 anos

Também estão sendo vacinadas as pessoas já contempladas nos grupos anteriores
Jaraguá libera vacinação contra a covid-19 para pessoas com 52 anos
Saúde

Jaraguá confirma mais três mortes por covid-19

Ao todo, já são 348 mortes pela doença no município
Jaraguá confirma mais três mortes por covid-19
Saúde

Para conter avanço da covid, áreas coletivas dos parques são interditadas em Jaraguá

Apenas atividades físicas individuais, com uso de máscara, estão permitidas nesse período, sem a permanência nos parques
Para conter avanço da covid, áreas coletivas dos parques são interditadas em Jaraguá

Anvisa autoriza estudo sobre dose de reforço da Pfizer

Estudo terá 885 participantes a partir dos 16 anos de idade
Ver mais de Saúde