dengue
Saúde

Dia Mundial de Combate à Aids: Saúde fará ação na Praça Ângelo Piazera, em Jaraguá

Durante a ação que ocorrerá nos dias 1º e 2 de dezembro, serão oferecidos testes rápidos para HIV, sífilis, hepatite B e C, além de orientações e vacinação para todas as idades

28 Nov 2023 - 12h30Por Janici Demetrio
Dia Mundial de Combate à Aids: Saúde fará ação na Praça Ângelo Piazera, em Jaraguá - Crédito: Divulgação / Prefeitura de Jaraguá do Sul Crédito: Divulgação / Prefeitura de Jaraguá do Sul

A sexta-feira (1º de dezembro) marca o Dia Mundial de Combate à Aids. A data é dedicada a ações de conscientização, prevenção e promoção do tratamento da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida.

Em Jaraguá do Sul, nos dias 1º e 2 de dezembro, a Prefeitura, por meio da Gerência de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde, fará uma campanha no espaço térreo da Scar, na Praça Ângelo Piazera. O objetivo é sensibilizar as pessoas para a causa da Aids e orientar sobre a prevenção ao HIV e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST). No dia 1º a ação ocorrerá das 14h às 20h. Já, no dia 2 será das 10h às 17h30.

Durante a ação, serão oferecidos testes rápidos para HIV, Sífilis, Hepatite B e C, além de orientações e vacinação para todas as idades, conforme o calendário vacinal do Ministério da Saúde.


“Esses esforços buscam ampliar o acesso aos serviços de saúde, permitindo o início imediato do tratamento quando necessário. A ação pretende não apenas à detecção precoce, mas também à promoção de práticas seguras”, informa o secretário de Saúde, Alceu Gilmar Moretti.


A campanha está alinhada com o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 3.3 da ONU, que busca "Até 2030, acabar com as epidemias de Aids, tuberculose, malária e doenças tropicais, combater a hepatite, doenças transmitidas pela água e outras doenças transmissíveis.

O Dia Mundial de Combate à AIDS é uma ocasião para lembrar que a luta contra o HIV e a Aids está longe de terminar. Mas, com esforços contínuos de conscientização, prevenção e tratamento, podemos esperar um futuro livre da doença.

Dia Mundial de Luta contra a Aids em 2023
O tema desta edição é “Comunidades Liderando”, que destaca a importância do envolvimento e liderança das comunidades na resposta à epidemia de Aids. As comunidades desempenham um papel crucial na prestação de serviços de HIV, na defesa dos direitos humanos e na luta contra o estigma e a discriminação.

Segundo Moretti, o tema desta edição “é um chamado à ação, um lembrete de que todos têm um papel a desempenhar na luta contra a Aids. Seja por meio da educação, da prestação de serviços ou do apoio a pessoas que vivem com HIV, cada um pode fazer a diferença.”

O HIV no mundo
O Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV), o agente causador da AIDS, tem uma trajetória mundial complexa, e o Brasil não é exceção. Desde a identificação dos primeiros casos de Aids nos anos 1980, a doença evoluiu de uma sentença de morte para uma condição gerenciável.

No Brasil, o primeiro caso de Aids foi registrado em 1980. Conforme dados do Programa das Nações Unidas (UNAIDS) e do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), em 2022, estimava-se que cerca de 39 milhões de pessoas em todo o mundo viviam com o vírus, sendo aproximadamente 1 milhão delas no Brasil. No estado de Santa Catarina, 2.129 casos foram notificados em 2022, enquanto que, em Jaraguá do Sul, 63 novos casos foram notificados.

O HIV é transmitido através de relações sexuais desprotegidas com uma pessoa infectada, compartilhamento de seringas contaminadas, transfusão de sangue infectado (hoje altamente raro devido aos rigorosos testes de triagem), da mãe para o filho durante a gestação, parto ou amamentação, e contato com sangue infectado.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e região? Participe dos nosso grupos do WhatsApp ou no Telegram!

Matérias Relacionadas

Saúde

Brasil tem mais de um milhão de casos de dengue este ano

Seis estados e o Distrito Federal decretaram situação de emergência
Brasil tem mais de um milhão de casos de dengue este ano
Saúde

Pai e filha internados por dengue morrem com 18 minutos de diferença em Joinville

Município já confirmou oito mortes pela doença
Pai e filha internados por dengue morrem com 18 minutos de diferença em Joinville
Saúde

Guaramirim confirma três novos casos de dengue

Dois deles são de transmissão local
Guaramirim confirma três novos casos de dengue
Saúde

Fumacê contra o mosquito da dengue começa sábado em Jaraguá do Sul

Ação no bairro Água Verde será a primeira deste tipo para o controle do Aedes aegypti
Fumacê contra o mosquito da dengue começa sábado em Jaraguá do Sul
Ver mais de Saúde