terça, 25 de junho de 2019 - 15h00
(47) 3371-1010Central (47) 3372-1010Ao Vivo
Jaraguá do Sul

80% dos exames encaminhados nas unidades públicas de saúde de Jaraguá dão negativo

Os dados foram apresentados pelo secretário de Saúde, Alceu Gilmar Moretti

12 Jun 2019 - 12h00Por Janice Demetrio
80% dos exames encaminhados nas unidades públicas de saúde de Jaraguá dão negativo - Crédito: Ilustrativa Crédito: Ilustrativa

Quando se faz um exame, as chances de resultados positivos e negativos são de 50%. Essa é a lógica, no entanto, em Jaraguá os números demonstram outra realidade. Por aqui, em média 80% dos exames solicitados na rede pública, têm resultado negativo. Os dados foram apresentados pelo secretário de Saúde, Alceu Gilmar Moretti. Na avaliação dele uma das explicações para o fenômeno, é a idade avançada de boa parte dos pacientes que procuram as unidades de saúde. Pois essa parcela da população tende a se preocupar mais com a saúde.

Outro fator tem a ver com a necessidade de interação ou solidão (para conversar). Ele ressalta a importância do chamado “acolhimento” das equipes que fazem o primeiro atendimento, para receber bem a população que precisa de atenção.

Saúde em números

De acordo com a assessoria de comunicação da prefeitura, nos cinco primeiros meses de 2019 as 42 unidades de saúde do município (incluindo todos os serviços de saúde municipal) receberam mais de 110 mil pessoas em seus serviços. Postos de saúde, Centro Vida, Caps, Pamas, Central de Vacinas, Farmácia Básica, Centro de Atenção à Mulher, Serviço de Atenção Domiciliar, entre outros, fizeram mais de meio milhão de atendimentos em 150 dias, o que dá uma média de três mil atendimentos por dia.

Em relatório do setor de Planejamento da Secretaria de Saúde, gerado de janeiro a maio de 2019, os usuários SUS foram classificados por faixa etária e quantidade de atendimentos. A maior média de utilização, de 7,6, foi entre as crianças de zero a 11 meses. Foram 2.412 usuários com 18.436 atendimentos nos primeiros cinco meses de 2019. Os idosos da faixa etária de 70 a 80 anos alcançaram a segunda maior média, 6,8. Quem menos procurou um serviço de saúde foi o público de dez a 14 anos. Mesmo assim, foram seis mil usuários, totalizando 18.177 atendimentos.

A Secretaria de Saúde de Jaraguá do Sul possui atualmente 745 funcionários e um orçamento anual de R$ 174 milhões, sendo que R$ 50 milhões foram investidos nos primeiros quatro meses de 2019.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp!