Santa Catarina

Governo do Estado instala Centro de Operações de Emergência e reforça ações para enfrentamento ao coronavírus em Santa Catarina

O grupo de trabalho ficará sediado no Centro Integrado de Gestão de Riscos e Desastres (Cigerd), na Defesa Civil, em Florianópolis

12 Mar 2020 - 14h02Por Da Redação
Governo do Estado instala Centro de Operações de Emergência e reforça ações para enfrentamento ao coronavírus em Santa Catarina - Crédito: Divulgação / OMS Crédito: Divulgação / OMS

O Governo do Estado instalou nesta quinta-feira, 12, um Centro de Operações de Emergência em Saúde (COES) para enfrentamento do coronavírus em Santa Catarina. O grupo de trabalho ficará sediado no Centro Integrado de Gestão de Riscos e Desastres (Cigerd), na Defesa Civil, em Florianópolis, e tem o objetivo de monitorar a evolução dos casos suspeitos no Estado e preparar a rede estadual para atender possíveis pacientes.

O governador Carlos Moisés também editou decreto que estabelece medidas de emergência para conter o avanço da doença. Até agora, Santa Catarina não tem nenhum caso confirmado. Nesta quarta-feira, 11, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou quadro de pandemia do coronavírus no mundo.

“Estamos atentos à evolução dos casos e preparados para o enfrentamento. Não há motivo para pânico. Essas medidas irão reforçar o trabalho que já vem sendo feito, de informação e conscientização para que a população colabore com as medidas de prevenção à doença”, afirma o governador Carlos Moisés. O decreto publicado nesta quinta-feira no Diário Oficial do Estado institui uma série de medidas na administração pública e prevê desde a possibilidade de isolamento e quarentena de pacientes até a contratação emergencial de bens e serviços, conforme a evolução do coronavírus no Estado.

No sábado, o governador convocou uma reunião do Grupo Intersetorial às 9h, no CIGERD, em Florianópolis, para tratar do tema. Além da Secretaria de Estado da Saúde, estarão presentes a Casa Civil, Fazenda, Defesa Civil, Educação, Segurança Pública, Infraestrutura, Comunicação, Desenvolvimento Econômico e Santur. Nesta quinta-feira, 12, e sexta-feira, Carlos Moisés cumpre agenda de trabalho no Extremo-Oeste do Estado.

A Secretaria de Estado da Saúde também editou uma portaria que institui o Centro de Operações de Emergência em Saúde (COES) para integrar as ações e serviços, além de mapear as áreas de risco e elaborar planos de preparação e resposta ao coronavírus em Santa Catarina. “O grupo vai acompanhar de forma permanente a evolução dos casos”, explica o secretário da Saúde, Helton de Souza Zeferino.

De acordo com ele, a mudança do status do coronavírus para pandemia significa que hoje existe uma transmissão sustentada da doença em vários países do globo, ou seja, já não é possível especificar uma única região onde está ocorrendo o contágio. “Isso não altera a forma de trabalho da secretaria, pelo contrário. Devemos reforçar as atividades de contenção do vírus, aumentando o monitoramento e reforçando a orientação para que as pessoas sigam os protocolos de prevenção. Além disso, é importante que aquelas que estão com sintomas permaneçam em casa e evitem contato com a população”, afirmou.

Informação no combate à doença

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (nCoV-2019) foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.

Santa Catarina monitora 67 casos suspeitos, conforme o boletim mais recente, divulgado nesta quinta-feira, 12 de março. Os pacientes estão em cuidado domiciliar e a Secretaria de Estado da Saúde divulga todos os dias informativos atualizados com o número de casos, conforme alinhamento com o Ministério da Saúde.

Ainda não há vacina ou medicação eficaz no combate à doença e, por isso, é importante reforçar medidas de prevenção:
- Lavar as mãos com água e sabão com frequência;
- Evitar tocar os olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
- Evitar contato próximo com pessoas doentes;
- Ficar em casa quando estiver doente;
- Cobrir a boca e o nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
- Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência

Mais informações estão disponíveis no site http://www.saude.sc.gov.br/coronavirus/doenca.html


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp! 

Matérias Relacionadas

Saúde

Covid-19: número de regiões em risco gravíssimo cai para três em SC

As regiões da Foz do Rio Itajaí, Médio Vale do Itajaí e Nordeste permaneceram classificadas com o nível máximo de atenção
Covid-19: número de regiões em risco gravíssimo cai para três em SC
Saúde

Santa Catarina chega ao menor número de casos ativos de Covid-19 de 2021

Atualmente, Santa Catarina é o quinto estado do Brasil com o maior percentual da população totalmente imunizada
Santa Catarina chega ao menor número de casos ativos de Covid-19 de 2021
Política

Luciano Hang não descarta candidatura ao Senado

O empresário já foi filiado ao MDB, mas hoje está sem partido.
Luciano Hang não descarta candidatura ao Senado
Saúde

Saúde discute critérios que serão adotados na imunização de adolescentes em SC

As recomendações do Comitê Técnico serão apresentadas na próxima reunião da Câmara Técnica de Vigilância em Saúde, agendada para 10 de agosto
Saúde discute critérios que serão adotados na imunização de adolescentes em SC
Ver mais de Santa Catarina