Santa Catarina

Epagri oferece curso de capacitação em maricultura para pessoas em situação de rua

O objetivo é gerar oportunidade de trabalho para pessoas que enfrentam dificuldades de inserção no mercado

12 Out 2019 - 15h00Por Da Redação
Epagri oferece curso de capacitação em maricultura para pessoas em situação de rua - Crédito: Ricardo Wolffenbüttel/Secom Crédito: Ricardo Wolffenbüttel/Secom

De 14 a 18 de outubro, a Epagri vai capacitar 15 moradores de rua de Florianópolis em maricultura. O objetivo é gerar oportunidade de trabalho para pessoas que enfrentam dificuldades de inserção no mercado. As aulas serão oferecidas na passarela Nego Quirido, onde funciona o Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua - chamado Centro POP -, e no Ribeirão da Ilha.  

Os participantes foram previamente selecionados pela prefeitura e vão estudar temas como conceito de maricultura, características do setor em Santa Catarina e anatomia, fisiologia e alimentação de moluscos bivalves. O grupo vai aprender também a parte técnica da atividade de produção, como montagem e manutenção dos artigos de captura dos moluscos. 

“Depois do curso, a probabilidade do morador de rua, então capacitado, ser contratado como freelancer é grande, pois existe falta de mão de obra qualificada na maricultura”, diz o coordenador do curso e extensionista da Epagri em Florianópolis, Philipe Medeiros da Costa. No último dia da capacitação, os moradores vão entregar seus currículos aos maricultores. 

O curso será ministrado pelo extensionista Philipe e por representantes da Associação de Maricultores do Sul da Ilha (Amasi). O projeto é uma parceria das duas entidades com a Superintendência de Pesca, Maricultura e Agricultura da prefeitura de Florianópolis. Os recursos para a capacitação são do Instituto de Geração de Oportunidades de Florianópolis (Igeof).

Produção

Santa Catarina é responsável por quase toda a produção nacional de mexilhões, ostras e vieiras. De acordo com os dados do Centro de Desenvolvimento em Aquicultura e Pesca (Epagri/Cedap), o Estado produziu mais de 14 mil toneladas desses moluscos em 2018. Florianópolis participa com uma produção de aproximadamente três toneladas.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp! 

Matérias Relacionadas

Santa Catarina

Governo do Estado começa distribuição de mais 50 respiradores para hospitais catarinenses

Os equipamentos foram entregues na tarde de sexta-feira, 05, em mais uma força-tarefa que envolveu equipes do Governo do Estado
Governo do Estado começa distribuição de mais 50 respiradores para hospitais catarinenses
Santa Catarina

Infraestrutura regulamenta regras sanitárias para retomada do transporte coletivo intermunicipal em SC

Dentre as normas que devem ser adotadas pelas empresas de transporte coletivo intermunicipal com características rodoviárias estão a ocupação de até 50% da capacidade com os passageiros sentados intercaladamente
Infraestrutura regulamenta regras sanitárias para retomada do transporte coletivo intermunicipal em SC
Santa Catarina

Apesar de pandemia, saldo de novas empresas cresce 9,8% em Santa Catarina em 2020

Na avaliação do governador Carlos Moisés, os dados da Jucesc demonstram que Santa Catarina, assim como em outras oportunidades, deve superar a crise e iniciar a retomada econômica de maneira mais rápida
Apesar de pandemia, saldo de novas empresas cresce 9,8% em Santa Catarina em 2020
Esportes

Fesporte traz ciência da academia para fortalecer esporte catarinense

O propósito é de melhorar qualitativamente o setor, já que a Fesporte tem por finalidade: planejar, formular e normatizar as políticas de esporte e estabelecer parcerias com órgãos
Fesporte traz ciência da academia para fortalecer esporte catarinense
Ver mais de Santa Catarina