Imobiliária Coralli
Política

Vereadores questionam legalidade do programa 'Nosso Asfalto

10 Jul 2012 - 18h22

Os vereadores petistas Justino da Luz e Francisco Alves protocolaram ontem no Tribunal de Contas do Estado uma representação questionando a legalidade do programa 'Nosso Asfalto. As denúncias envolvem o valor praticado e a ausência de licitação.

[jwplayer mediaid="73112"]

Justino nega que a denúncia seja de cunho eleitoreiro e afirma que desde o ano passado vem conversando com promotor da moralidade pública, Ricardo Viaviani, que teria aconselhado os vereadores a procurar a instancia superior.

[jwplayer mediaid="73110"]

Desde o ano passado, a presidente da Ujam (União da Associação dos Moradores)


Andréia Ziehlsdorff, vem reclamando do programa. Ela é candidata a vereadora pelo PHS, partido coligado ao PT.  Segundo o secretário de Obras, Odimir Lescowicz, não há nenhuma irregularidade em relação ao programa e todos os questionamentos já foram respondidos à Ujam. Ele afirma que foi realizada uma licitação global, na qual a empresa Infrasul foi vencedora e ficou com a concessão para explorar o serviço de pavimentação, negociando diretamente com os moradores. O custo do metro quadrado do asfalto foi calculado pelo município e pela empresa e é de R$ 55. Quanto à tubulação, Odimir explica que ela é trocada quando há necessidade, ou é implantada onde não existe.

 

Matérias Relacionadas

Política

Governo do Estado emite nota sobre Operação Pleumon

Ação cumpriu mandados de busca e apreensão na Casa d’Agronômica e no Centro Administrativo.
Governo do Estado emite nota sobre Operação Pleumon
Política

Ministério Público cumpre mandado na casa do governador, em Florianópolis

O objetivo da operação é subsidiar o inquérito que apura fraudes na compra de respiradores para enfrentamento da pandemia da covid-19 no estado. O contrato sob suspeita movimentou R$ 33 milhões.
Política

Eleitor poderá justificar falta pelo celular

e-Título estará atualizado até as eleições para a justificativa
Eleitor poderá justificar falta pelo celular
Política

Saiba mais sobre o rito do julgamento no tribunal especial

O documento estabelece como será a sequência de trabalhos do tribunal formado por deputados e desembargadores que vai julgar Moisés e Daniela e poderá destituir governador e vice de seus cargos
Saiba mais sobre o rito do julgamento no tribunal especial
Ver mais de Política