Política

STF dá cinco dias para Zema explicar dispensa de vacinação nas escolas

Parlamentares mineiras pedem retirada de vídeo com discurso antivacina

16 Fev 2024 - 10h34Por Agência Brasil
STF dá cinco dias para Zema explicar dispensa de vacinação nas escolas - Crédito: Gil Leonardi / Imprensa MG Crédito: Gil Leonardi / Imprensa MG

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu cinco dias para que o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, explique uma declaração em que defende a não obrigatoriedade da vacinação infantil. Em vídeo publicado no último dia 8, Zema diz que tornaria opcional a imunização a alunos da rede pública do estado.

Nas imagens, publicadas nas redes sociais do próprio governador, Zema aparece ao lado do deputado federal Nikolas Ferreira (PL-MG) e do senador Cleitinho (Republicanos-MG).

“Aqui em Minas, todo aluno independente[mente] ou não de ter sido vacinado, terá acesso às escolas”, declarou o governador.

Na ocasião, Zema não especificou de qual vacina estava falando. O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) determina, no artigo 14, que é obrigatória a vacinação das crianças nos casos recomendados pelas autoridades sanitárias, independentemente do imunizante e da doença.

Quatro parlamentares mineiras – a deputada federal Célia Xakriabá (PSOL-MG), a deputada estadual Bella Gonçalves (PSOL-MG) e as vereadoras Iza Lourença (PSOL-MG) e Cida Falabella (PSOL-MG) – entraram com ação contra Zema para pedir a remoção do vídeo. Elas também pedem que qualquer decisão formal do governador sobre o assunto, o que ainda não ocorreu, seja revogada.

No despacho, Alexandre de Moraes escreveu que o governador deverá prestar esclarecimentos para apurar se houve violação da Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 754. Em 2022, o então ministro do Supremo Ricardo Lewandowski determinou, dentro desse processo, que os estados vacinassem os menores de 18 anos contra a covid-19, com base no ECA e na Constituição, cujo artigo 227 afirma ser dever da sociedade e do Estado assegurar o direito à saúde, com prioridade absoluta, à criança e ao adolescente.

Edição: Carolina Pimentel

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e região? Participe dos nosso grupos do WhatsApp ou no Telegram

Sintonize, siga e curta a Rádio Jaraguá em todas as plataformas

Insta: @radiojaragua

Face: /fmjaragua

Site: www.diariodajaragua.com.br

Matérias Relacionadas

Geral

Com mais de 500 inscritos, Guaramirim será palco de Seminário Sobre educação Inclusiva

Evento proposto pelo deputado Dr. Vicente Caropreso acontecerá na próxima segunda-feira
Com mais de 500 inscritos, Guaramirim será palco de Seminário Sobre educação Inclusiva
Segurança

Lula sanciona, com veto, projeto que proíbe saidinha de presos

Lula acatou uma recomendação do ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, para manter o direito à saída temporária dos presos do semiaberto para visita a familiares
Lula sanciona, com veto, projeto que proíbe saidinha de presos
Política

Projeto certifica Associação dos Amigos da Segurança Púbica de Jaraguá como de utilidade pública

O autor da proposta, deputado Dr. Vicente Caropreso (PSDB), fez uma enfática defesa da entidade, fundada em 2015, destacando suas ações para fortalecer as forças de segurança.
Projeto certifica Associação dos Amigos da Segurança Púbica de Jaraguá como de utilidade pública
Política

Lunelli pede que equipamentos parados sejam instalados com urgência em escola de Jaraguá

Unidade escolar Professora Valdete Piazera aguarda, há dois anos, instalação de lousas digitais, retroprojetores e computadores
Lunelli pede que equipamentos parados sejam instalados com urgência em escola de Jaraguá
Ver mais de Política