Política

Projeto que institui "Parada Segura" em Jaraguá passa por 1a votação 

Com a Parada Segura, mulheres, pessoas com deficiência e idosos terão a possibilidade de descer do ônibus perto da residência ou em um local que se sentirem seguros

05 Mar 2021 - 10h54Por Janici Demetrio
Projeto que institui "Parada Segura" em Jaraguá passa por 1a votação  - Crédito: Divulgação CMJS Crédito: Divulgação CMJS

Os vereadores jaraguaenses aprovaram em primeira votação, na sessão dessa quinta-feira (4), o projeto de lei que institui a "Parada Segura" no município de Jaraguá do Sul. O PL é de autoria do vereador Luís Fernando Almeida (MDB) e foi assinado também pelos vereadores Anderson Kassner e Nina Santin Camello, ambos do PP, e Sirley Schappo (Novo). 

O período em que a Parada Segura vai funcionar será das 21h até às 6h, em todos os dias da semana. Durante esse horário, os usuários do transporte coletivo poderão solicitar ao motorista que pare o ônibus fora dos pontos oficiais. Porém, o itinerário deve ser respeitado, ou seja, o ônibus não poderá desviar e nem trafegar por ruas que não estão no percurso original da linha. 

O objetivo do projeto é dar segurança a mulheres, pessoas com deficiência e idosos. Na justificativa do projeto, Almeida alega que, de acordo com a Organização das Nações Unidas, um terço das mulheres no mundo sofre violência ou é abusada sexualmente. E também que entre 30% e 60% das mulheres do Brasil já sofreram alguma vez violência física ou sexual. Por conta dessa realidade, a maior parte das mulheres fica apreensiva com a falta de segurança no desembarque do transporte coletivo. 

Com a Parada Segura, esses usuários terão a possibilidade de descer do ônibus perto de sua residência ou em um local que se sentirem seguros. 

"Às vezes o ônibus passa na frente da casa do usuário do transporte coletivo e para somente três quadras à frente. E, durante este horário das 21h às 6h, esses passageiros acabam ficando vulneráveis a praticas de violência e também até dificuldades de locomoção", adverte Almeida.

O projeto deve passar por segunda votação na próxima sessão do Legislativo, dia 9 de março, para que, a partir daí, seja encaminhado para sanção do prefeito Antídio Lunelli. 

 Participe dos Grupos de WhatsApp da Rádio Jaraguá

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Política

Câmara do Rio desliga Dr. Jairinho de Comissão de Justiça

Parlamentar é suspeito da morte do menino Henry
Câmara do Rio desliga Dr. Jairinho de Comissão de Justiça
Política

CPI da Covid-19 pode ter sua primeira reunião na próxima semana

CPI da Covid-19 pode ter sua primeira reunião na próxima semana
Política

Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim

Deputado repercutiu assuntos tratados com secretário de Agricultura no norte catarinense e necessidade de reforço nas barreiras fitossanitárias
Caropreso pede que governo priorize solução para infestação de maruim
Política

Projeto pretende criar Regime Especial de Contratação de Mulheres Vítimas de Violência Domésticas

A redação do PL determina que o SINE de Jaraguá do Sul destine 10% das vagas mensais do mercado de trabalho para encaminhar mulheres do Regime Especial às entrevistas de emprego em Jaraguá
Ver mais de Política