Delivery Much
POLÍTICA

Passaporte diplomático a Edir Macedo repercute no Twitter

15 Abr 2019 - 14h04Por Gregory Prudenciano

O Twitter brasileiro repercute, nesta segunda-feira, 15, ações do governo Bolsonaro. Em destaque, a concessão de passaporte diplomático a Edir Macedo, bispo da Igreja Universal do Reino de Deus, e o gasto do governo em publicidade, que tem privilegiado SBT e Record TV ante a TV Globo.

O nome de Edir Macedo ocupa o primeiro lugar no ranking dos assuntos mais comentados da rede social. O bispo evangélico e sua esposa, Ester Eunice Rangel Bezerra, foram agraciados com a concessão de passaportes diplomáticos, conforme publicado na edição desta segunda-feira do Diário Oficial da União (DOU). A portaria foi assinada pelo chanceler Ernesto Araújo.

A medida tem sido amplamente criticada por parlamentares de oposição e usuários do Twitter. Líder do PT na Câmara dos Deputados, Paulo Pimenta (PT-RS) viu interferência do presidente Jair Bolsonaro (PSL) na concessão dos passaportes, o que seria, um uso das "prerrogativas da Presidência da República para beneficiar suas relações pessoais".

A controvérsia foi alimentada também o deputado Alexandre Frota (PSL-SP), que é do partido do presidente. "Ernesto Araújo dá passaporte diplomático para Edir Macedo. Será que foi com autorização do Olavo ou não?", tuitou Frota, ironizando a relação próxima entre o chanceler e o escritor Olavo de Carvalho. Frota ainda disse que "Ernesto já garantiu sua vaga no céu".

O líder religioso também é destaque no Twitter por estar relacionado a outra notícia: levantamento do UOL mostrou que os gastos do governo Bolsonaro em publicidade durante primeiro trimestre de 2019 cresceram 63% em relação ao mesmo período do ano passado, sendo que as verbas publicitárias destinadas à Record TV, que é de propriedade de Edir Macedo, superaram as recebidas por TV Globo e SBT.

A TV de Silvio Santos também superou a Globo, sendo a segunda que mais recebeu verba do governo. Record e SBT figura entre as expressões mais publicadas do Twitter.

"A mamata não ia acabar?", provocou Ivan Valente (PSOL-SP), que chamou a emissora de Edir Macedo de "mídia chapa branca". Usuários críticos também reagiram com ironia e colocaram a frase "acabou a mamata" em destaque na rede social.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Política

Plenário da Alesc revoga prisão e afastamento do deputado Julio Garcia

Deputados aprovaram projeto que revogou os efeitos das decisões da juíza federal Janaína Cassol Machado que determinavam a prisão preventiva domiciliar e o afastamento de Julio Garcia (PSD) tanto do cargo de presidente da Alesc quanto do mandato
Plenário da Alesc revoga prisão e afastamento do deputado Julio Garcia
Política

Ouça a entrevista dos vereadores do MDB

Luís Fernando Almeida, Onésimo Sell e Osmair Gadotti participaram ao vivo do Diário da Jaraguá desta quinta-feira
Ouça a entrevista dos vereadores do MDB
Política

Biden anuncia retorno dos EUA ao Acordo de Paris

Presidente também assinou decretos relacionados à imigração
Biden anuncia retorno dos EUA ao Acordo de Paris
Política

Entrevista do vereador Jeferson Cardozo no Diário da Jaraguá

Parlamentar participou do jornal da Rádio Jaraguá na manhã desta quarta-feira (20)
Entrevista do vereador Jeferson Cardozo no Diário da Jaraguá
Ver mais de Política