POLÍTICA

Para Reale Jr, postagem de Bolsonaro com 'golden shower' justifica impeachment

06 Mar 2019 - 19h59Por Pedro Venceslau

Um dos autores do pedido de impeachment que culminou com a cassação da presidente Dilma Rousseff (PT), o jurista Miguel Reale Jr, ex-ministro da Justiça, avalia que a publicação de um vídeo obsceno de "golden shower" por parte do presidente Jair Bolsonaro (PSL) configura quebra de decoro e justificaria a abertura de um pedido de impeachment.

"O caso se enquadra como falta de decoro, o que pode levar ao impeachment. Por que divulgar cenas abjetas para o povo brasileiro?" Ele (Bolsonaro) só pensa em factoide", disse Reale ao jornal O Estado de S. Paulo.

Na noite de terça-feira de carnaval, Bolsonaro publicou um vídeo obsceno, que foi apresentado pelo Twitter como uma publicação "sensível". As cenas teriam ocorrido durante a passagem de um bloco de carnaval. O vídeo mostra um homem urinando na cabeça de outro - prática sexual conhecida como "golden shower".

Para justificar a publicação, Bolsonaro afirmou: "temos que expor a verdade para a população ter conhecimento e sempre tomar suas prioridades. É isto que tem virado muitos blocos de rua no carnaval brasileiro".

Nesta Quarta-Feira de Cinzas, o presidente da República publicou: "O que é golden shower?". Para Reale, a atitude de Bolsonaro foi uma "retaliação" aos blocos pelas críticas feitas a ele.

Também signatária do pedido do impeachment de Dilma, a deputada Janaina Paschoal (PSL) discordou do ex-ministro. "A postagem não é suficiente para tanto. O professor está se deixando guiar pela rejeição que tem a Bolsonaro e a tudo que lhe diz respeito. Eu concordo que o presidente não precisaria ter externado sua preocupação com os excessos do carnaval com tantas cores. Mas daí a falar em impeachment tem uma distância enorme", disse Janaína.

O Twitter não comenta sobre contas específicas.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Política

Com absolvição, Moisés volta ao governo de SC

Por 6 votos a 4, o governador Carlos Moisés da Silva (PSL) foi absolvido da acusação de crime de responsabilidade na compra dos 200 respiradores não entregues pela empresa Veigamed.
Com absolvição, Moisés volta ao governo de SC
Política

Jaraguá do Sul e Guaramirim voltam a tratar da ponte da Zanotti

Prefeitos se reuniram nesta semana e querem definir melhor solução nos próximos 30 dias.
Jaraguá do Sul e Guaramirim voltam a tratar da ponte da Zanotti
Economia

Governo do Estado institui o Auxílio Catarina

Benefício emergencial será destinado a mais de 60 mil famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica no estado
Governo do Estado institui o Auxílio Catarina
Política

Lunelli participa de encontro regional do MDB

Em Jaraguá do Sul, o encontro acontece hoje às 19h
Lunelli participa de encontro regional do MDB
Ver mais de Política