Delivery Much
Política

Na tribuna, Vicente Caropreso destaca o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência

Deputado entregou quadro com símbolo da acessibilidade e comemorou decisão judicial contra separação de alunos com deficiência

03 Dez 2020 - 17h11Por Janici Demetrio
Na tribuna, Vicente Caropreso destaca o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência  - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

“É preciso sensibilizar as pessoas sobre como podemos  e devemos viver em paz e em harmonia com quem, por uma razão ou outra, ficou com uma deficiência”, afirmou o deputado Vicente Caropreso ao destacar nesta quinta-feira (3), durante a sessão plenária da Assembleia legislativa, a passagem do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência. 
 
O parlamentar, que preside a Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência da Alesc, lembrou que 20% da população catarinense tem alguma deficiência. “Precisamos oferecer a todos as mesmas condições para que todos possam viver com  dignidade.”
 
Acessibilidade
Como forma de promover a defesa da inclusão da pessoa com deficiência, o deputado Dr. Vicente comunicou que está entregando um quadro aos  parlamentares com a representação artística do Símbolo Universal da Acessibilidade adotado pela Organização da Nações Unidas  (ONU).  A peça foi confeccionada pela artista plástica jaraguaense Marilene Giese. “Simboliza a esperança e a igualdade de acesso para todos, Todos nós devemos ter esse compromisso.  Que a mensagem deste quadro fique no coração.” 
STF contra segregação de deficientes na educação
O deputado Dr. Vicente  também comemorou a decisão tomada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Tóffoli, que suspendeu o decreto federal 10.502/2020, que alterou a Política Nacional de Educação Especial (PNEE). A decisão foi tomada na quarta-feira (2).
 
“Um passo importante foi dado. O ministro ratifica a inconstitucionalidade deste decreto. A decisão agora será submetida ao plenário [do STF} no próximo dia 11. Essa política nacional pretendida foi elaborada no atual governo e prevê que a educação da pessoa com deficiência seja feita em escolas especiais ou classes especiais. Na prática, incentiva a segregação dos alunos com deficiência, separando-os dos demais estudantes.”
  
 
No dia 29 de outubro  o deputado, por meio das Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência e da Comissão de Educação da Alesc, promoveu uma audiência pública virtual sobre o decreto. Mais de 4 mil pessoas acompanharam o debate. Especialistas, parlamentares e representantes do Ministério Público rechaçaram a medida do governo federal.
 
Para o deputado, o decreto é  um retrocesso. “À medida que a ciência e a sociedade foram evoluindo, a tendência passou a ser pela educação inclusiva, sempre que possível. Essa é uma das maiores lições de cidadania, saber que é possível conviver com as pessoas com deficiência, ajudá-las e entender as dificuldades delas. É importante que elas tenham as mesmas chances na vida.” 
 
 

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Política

MPSC arquiva investigação contra Moisés na compra dos respiradores

As investigações terão prosseguimento com relação aos demais investigados.
MPSC arquiva investigação contra Moisés na compra dos respiradores
Política

Jair Pedri fala sobre início do mandato na Câmara de Jaraguá

Parlamentar participou ao vivo do Diário da Jaraguá desta quarta-feira (27)
Jair Pedri fala sobre início do mandato na Câmara de Jaraguá
Política

Luiz Fernando Vampiro será o novo secretário da Educação de Santa Catarina

A data da posse ainda será definida.
Luiz Fernando Vampiro será o novo secretário da Educação de Santa Catarina
Economia

Guias do IPTU 2021 de Jaraguá devem ser enviadas pelo correio até 10 de fevereiro

Guias do IPTU 2021 de Jaraguá devem ser enviadas pelo correio até 10 de fevereiro
Ver mais de Política