transito
Política

Lunelli critica possíveis mudanças no Código Civil

Segundo o parlamentar, a proposta traz uma visão completamente diferente da sociedade atual e não foi debatida como deveria, sendo demonstração de totalitarismo e de desrespeito à própria democracia. 

13 Mar 2024 - 19h20Por Janici Demetrio
Lunelli critica possíveis mudanças no Código Civil  - Crédito: Arquivo / Divulgação Crédito: Arquivo / Divulgação

O deputado estadual Antídio Lunelli usou a tribuna da Assembleia legislativa nesta quarta-feira para falar sobre o anteprojeto que pretende mudar o Código Civil brasileiro. As alterações estão sendo discutidas no Senado. Segundo o parlamentar, a proposta traz uma visão completamente diferente da sociedade atual e não foi debatida como deveria, sendo demonstração de totalitarismo e de desrespeito à própria democracia. 

Entre os pontos previstos no “novo” Código Civil estão a definição do bebê em gestação como "potencialidade de vida humana pré-uterina ou uterina", a previsão – sem especificação clara – de que o pai perderá na Justiça a autoridade parental caso submeta o filho a "qualquer tipo de violência psíquica" e o reconhecimento de uma "autonomia progressiva" para crianças e adolescentes.

 “O que temos é um projeto que visa claramente facilitar o aborto e diminuir a importância da família, isso é o oposto do que a maioria da sociedade brasileira pensa. O que eles querem é liberar o aborto de forma geral e irrestrita. Querem que a gente vire uma sociedade desumana, sem ética, sem moral, e sem compaixão”, criticou o parlamentar.

“O que estão propondo neste projeto é uma ampla reforma do que se entende por sociedade. E é espantoso que tudo tenha sido feito por um grupo pequeno de pessoas para atender interesses da esquerda e sem buscar o contraditório. Precisamos evitar que isso aconteça demonstrando a nossa insatisfação”, acrescentou.

Lunelli ainda citou que em um momento de grande divisão do país atitudes como esta só ajudam a aumentar a polarização e a desconfiança de parcela da população. 

“O Código Civil é a norma que rege a nossa sociedade – é o norte para resolver juridicamente os conflitos do dia a dia; portanto, é fundamental que ele reflita o conjunto de valores da sociedade, e não sirva meramente para representar um grupo”, disse.

 

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e região? Participe dos nossos grupos do WhatsApp ou no Telegram

Sintonize, siga e curta a Rádio Jaraguá em todas as plataformas

Insta: @radiojaragua

Face: /fmjaragua

Site: www.diariodajaragua.com.br

Matérias Relacionadas

Política

Lunelli cobra instalação de equipamentos na Escola Professor Lino Floriani

Unidade atende quase 700 estudantes, que aguardam para usar os kits na rotina escolar
Lunelli cobra instalação de equipamentos na Escola Professor Lino Floriani
Política

Modal ferroviário é tema de debate na Assembleia Legislativa de Santa Catarina

Encontro foi proposto pelo deputado Antídio Lunelli, presidente da Comissão de Transportes e Desenvolvimento Urbano da Alesc
Modal ferroviário é tema de debate na Assembleia Legislativa de Santa Catarina
Saúde

Comissão de Saúde da Alesc aprova projetos que asseguram direitos à pessoa com autismo

Ambos os projetos são de autoria do deputado Vicente Caropreso (PSDB)
Comissão de Saúde da Alesc aprova projetos que asseguram direitos à pessoa com autismo
Política

Governo do Estado autoriza contratação do Plano Estadual de Logística de Transporte

O deputado estadual Antídio Lunelli, que também preside a Comissão de Transportes e Desenvolvimento Urbano da ALESC, esteve no evento, parabenizou o governo pela iniciativa e disse que a medida é essencial para desafogar
Governo do Estado autoriza contratação do Plano Estadual de Logística de Transporte
Ver mais de Política