Mês do Trânsito - Rádio
Política

Líderes da base aliada devem definir nesta semana a reforma do secretariado

27 Mar 2012 - 13h20

A prefeita Cecília Konell deve se reunir nesta semana com os líderes da base aliada para tratar da reforma no secretariado. As substituições precisam ser confirmadas até a próxima quinta-feira, dia 5 de abril, em função da legislação eleitoral. O diretor de Comunicação, Agostinho Oliveira, um dos que deve deixar o cargo, diz que o governo já vem tratando deste tema desde o ano passado. Além dele, a secretária de Habitação, Maristela Menel, e o presidente do Samae, Dico Moser, devem deixar as funções. Também podem sair o secretário de Saúde, Francisco Garcia, e o presidente da Fundação Cultural, Jorge Luis de Souza. Na tarde de ontem (segunda-feira), o diretor de Trânsito, José Antônio Schmitt confirmou que deve se candidatar a vereador pelo PSD, o partir da prefeita. A expectativa da prefeita é que Fedra Konell volte a ocupar a chefia de gabinete ainda esta semana. Já o futuro de Ivo Konell deve ser definido juntamente com a reforma. Outra pasta que precisa ser ocupada é a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, sem titular há dez dias desde a demissão de Célio Bayer.

(PATRÍCIA MORAES)

Matérias Relacionadas

Política

Governo do Estado emite nota sobre Operação Pleumon

Ação cumpriu mandados de busca e apreensão na Casa d’Agronômica e no Centro Administrativo.
Governo do Estado emite nota sobre Operação Pleumon
Política

Ministério Público cumpre mandado na casa do governador, em Florianópolis

O objetivo da operação é subsidiar o inquérito que apura fraudes na compra de respiradores para enfrentamento da pandemia da covid-19 no estado. O contrato sob suspeita movimentou R$ 33 milhões.
Política

Eleitor poderá justificar falta pelo celular

e-Título estará atualizado até as eleições para a justificativa
Eleitor poderá justificar falta pelo celular
Política

Saiba mais sobre o rito do julgamento no tribunal especial

O documento estabelece como será a sequência de trabalhos do tribunal formado por deputados e desembargadores que vai julgar Moisés e Daniela e poderá destituir governador e vice de seus cargos
Saiba mais sobre o rito do julgamento no tribunal especial
Ver mais de Política