Política

Irmão de Prefeito deve ser exonerado do cargo de Secretário

26 Mar 2012 - 11h27

O Ministério Público de Santa Catarina obteve medida liminar em Ação Civil Pública para determinar que o Prefeito de São João do Itaperiú, Valdir Correa, exonere seu irmão, Gessi Correa, do cargo de Secretário Municipal de Saúde, em função de sua nomeação configurar nepotismo. Gessi foi nomeado para o cargo em 8 de dezembro. Em 15 de dezembro, o Promotor de Justiça Márcio Gai Veiga, com atuação na área da Moralidade Administrativa na Comarca de Barra Velha, alertou ao Prefeito que a nomeação configurava nepotismo e recomendou a exoneração do irmão. No entanto, Valdir Correa não acatou a recomendação e manteve a nomeação de Gessi, argumentando que a súmula vinculante n. 13 do Supremo Tribunal Federal não se aplicaria aos agentes políticos. Diante da atitude do Prefeito, o Promotor de Justiça ajuizou a Ação Civil Pública, requerendo a exoneração em caráter liminar e, no julgamento do mérito da ação, a condenação do Prefeito e do Secretário de Saúde por ato de improbidade administrativa. O prazo para efetivar a exoneração, concedido pelo Juízo da 2ª Vara da Comarca de Barra Velha, é de 30 dias, com multa fixada em R$ 1 mil por dia de descumprimento.

Premix Concreto

Matérias Relacionadas

Geral

Prefeitura firma parceria para repasse de recursos para a Apae de Guaramirim

Valor repassado será de R$ 730 mil 
Prefeitura firma parceria para repasse de recursos para a Apae de Guaramirim
Política

Bolsonaro participa de cúpula virtual sobre clima

Encontro promovido pelo governo norte-americano ocorre hoje e amanhã
Bolsonaro participa de cúpula virtual sobre clima
Política

Vereador sugere bicicletários ao lado de pontos de ônibus

As sugestões do parlamentar fazem parte do seu projeto de micromobilidade urbana, que envolvem uma série de melhoramentos na região da Barra do Cerro que visam priorizar veículos não poluentes e menores, como bicicletas, patinetes e monociclos
Política

Vereadores aprovam Regime Especial de Contratação de Mulheres Vítimas de Violência em Jaraguá

A proposta cria o Regime Especial de Contratação de Mulheres Vítimas de Violência Doméstica e tem o objetivo de estimular a contratação de mulheres que estão em situação de vulnerabilidade social e econômica
Ver mais de Política