Imobiliária Coralli
Política

Câmara pode votar hoje proposta que adia eleições deste ano

PEC foi aprovada na semana passada no Senado

01 Jul 2020 - 11h36Por Agência Brasil
Câmara pode votar hoje proposta que adia eleições deste ano - Crédito: Marcello Casal Jr./Agência Brasil Crédito: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

A Câmara dos Deputados pode votar, hoje (1º), a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 18/20 que trata do adiamento das eleições municipais de 2020, devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19). A proposta, aprovada na semana passada no Senado, é o único item da pauta da sessão marcada para a tarde desta quarta-feira (1º).

Imobiliária Coralli

A PEC prevê que o pleito seja realizado nos dias 15 e 29 de novembro, em vez das datas oficiais de 4 e 25 de outubro. Além da alteração nas datas de realização do pleito, o texto também estabelece novas datas para outras etapas do processo eleitoral de 2020, como registro de candidaturas e o início da propaganda eleitoral gratuita.

Na segunda-feira (29), o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que ainda não havia acordo na Casa para aprovar a matéria, e que estava dialogando para conseguir um consenso em torno da proposta.

“É importante que a Câmara tome a sua decisão. Estamos dialogando para construir o apoio necessário, até a unanimidade, para que a gente possa votar, mas ainda estamos longe disso. A nossa intenção é, com diálogo, chegar até quarta-feira a uma solução para esse problema”, disse Maia.

Edição: Fernando Fraga

Matérias Relacionadas

Polícia

Paulo Guedes anuncia novos secretários especiais

Diego Mac Cord e Caio Andrade assumem vagas de demissionários
Paulo Guedes anuncia novos secretários especiais
Guaramirim

CPI vai investigar abertura de rua em Guaramirim

De acordo com o vereador Ernesto, a resposta obtida da Prefeitura informava que esta rua não fazia parte desta administração, sendo uma obra particular
CPI vai investigar abertura de rua em Guaramirim
Política

TSE aprova resoluções com novas datas para o processo eleitoral

Devido à pandemia Congresso adiou o pleito para 15 de novembro
TSE aprova resoluções com novas datas para o processo eleitoral
Economia

STF aprova proposta orçamentária para 2021 de R$ 712 milhões

O valor foi corrigido pela inflação do ano passado
STF aprova proposta orçamentária para 2021 de R$ 712 milhões
Ver mais de Política