transito
Política

Bolsonaro fica em silêncio durante depoimento na Polícia Federal

Ex-presidente ficou menos de 30 minutos no local

22 Fev 2024 - 18h14Por Janici Demetrio
  - Crédito:  Luis Nova/AP - Crédito: Luis Nova/AP

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) compareceu à sede da Polícia Federal em Brasília nesta quinta-feira (22), mas ficou em silêncio diante dos investigadores que apuram uma suposta tentativa de golpe de Estado.

A informação de que o ex-presidente ficou em silêncio foi divulgada pelo advogado Fabio Wajngarten. Bolsonaro ficou menos de meia hora na sede da PF.

Em entrevista, Wajngarten disse que o ex-presidente "nunca foi simpático a qualquer tipo de movimento golpista".

"Esse silêncio [no depoimento] quero deixar claro que não é simplesmente o uso do exercício constitucional do silêncio, mas uma estratégia baseada no fato de que a defesa não teve acesso a todos os elementos por quais está sendo imputada ao presidente a prática de certos delitos", afirmou o advogado.

Wajngarten disse que a falta de acesso à delação de Mauro Cid, ex-ajudante de ordens de Bolsonaro, e a mídias obtidas em celulares apreendidos de investigados "impedem que a defesa tenha um mínimo de conhecimento de por quais elementos o presidente é hoje convocado ao depoimento".

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e região? Participe dos nosso grupos do WhatsApp ou no Telegram

Sintonize, siga e curta a Rádio Jaraguá em todas as plataformas

Insta: @radiojaragua

Face: /fmjaragua

Site: www.diariodajaragua.com.br

Matérias Relacionadas

Política

Porte de droga em qualquer quantidade deve ser criminalizada, decide Senado

Senadores aprovaram na noite de terça-feira (16) a proposta de emenda à Constituição (PEC); Saiba como votaram os senadores catarinenses
Porte de droga em qualquer quantidade deve ser criminalizada, decide Senado
Política

TSE adia julgamento que pode cassar o mandato do senador Jorge Seif

Não foi dado um novo prazo para o julgamento
TSE adia julgamento que pode cassar o mandato do senador Jorge Seif
Geral

Alesc aprova indicação para que o Estado auxilie os municípios no controle do maruim

Iniciativa do deputado Antídio Lunelli cita necessidade de produção em larga escala de controlador do inseto
Alesc aprova indicação para que o Estado auxilie os municípios no controle do maruim
Política

CNJ afasta juíza que condenou Lula e outros três juízes da Lava Jato

O afastamento seria, segundo o Conselho Nacional de Justiça, por burlar a ordem processual, violar o código da magistratura, prevaricar e burlar decisões do Supremo.
CNJ afasta juíza que condenou Lula e outros três juízes da Lava Jato
Ver mais de Política