Joinville

Suspeito de ferir criança com madeira tem prisão decretada em Joinville

21 Mar 2017 - 12h00
O suspeito é proprietário da kitnet em que a família da vítima morava.  Além de atingir a criança e a mãe dela, ele ainda agrediu o avô. Segundo a Polícia Civil, o dono do imóvel e a família discutiam por causa do atraso do aluguel.


A criança ficou gravemente ferida. Ela chegou ao Hospital Infantil com suspeita de traumatismo craniano e foi levada para a UTI em estado grave, mesmo quadro clínico que permanecia até o fim da tarde de segunda.

Agressão
A mãe conta que segurava a criança quando o dono da kitnet, de 47 anos, se aproximou com um pedaço de madeira. “A bebê estava no meu colo. Quando vi, ele me deu uma paulada e pegou na cabeça dela. Eu sai correndo atrás de ajuda. Ainda assim eu levei mais uma paulada nas costas”, contou Charlene Rodrigues.

Ela ainda diz que não reagiu.. “Ele chegou lá em casa dizendo que meu pai estava roubando. Ele foi no carro, pegou um pedaço de madeira e começou a agredir meu pai”, contou Charlene.

Inquérito
O delegado responsável pelo caso diz que o motivo da briga seria o aluguel em atraso. “O motivo pelo que apuramos foi um desacordo entre o proprietário no contrato de locação”, afirmou o delegado Fabiano dos Santos Silveira.

Charlene confirmou que o aluguel está atrasado desde janeiro, quando o proprietário a cobrou. Mas ela conta que ele não quis receber e que já estava de mudança. Charlene já havia registrado dois boletins de ocorrência contra o proprietário.

“Eu atrasei uns dias porque eu perdi o emprego. Depois, com o acerto eu ia pagar, mas ele não quis. Aí ele veio e cortou a luz, depois cortou a água, aí fui atrás de um advogado. Aí nós pegamos luz do vizinho, como íamos ficar sem luz?”, questiona a mãe da criança.

Destruição
Horas depois da briga, a kitnet estava totalmente destruída, portas arrancadas e vidros quebrados. O delegado deve ouvir outras testemunhas, inclusive o avô da menina e o suspeito. “Nós vamos ouvir outras testemunhas ainda. Queremos saber bem ao certo o que aconteceu, o motivo exato do proprietário ter perdido a cabeça”, disse o delegado.

O suspeito aluga kitnets, mora em Joinville e, segundo a polícia, não tem nenhum antecedente criminal.

Fonte: G1

Matérias Relacionadas

Região

Patrimônio cultural do Rio da Luz será tema de fórum nesta quarta

O objetivo do fórum é ampliar o espaço de fala e escuta sobre os instrumentos de proteção aos patrimônios culturais e divulgar as ações desenvolvidas na região entre 2018 e 2020
Patrimônio cultural do Rio da Luz será tema de fórum nesta quarta
Região

Nereu Ramos faz missa pela beatificação do padre Aloísio

A partir das 15h deste sábado (17), a rádio Jaraguá vai transmitir a missa de misericórdia pela Beatificação de Padre Aloísio Boeing
Nereu Ramos faz missa pela beatificação do padre Aloísio
Ver mais de Região