Homicídio

Júri de acusado de matar Roberto Fernandes é transferido para 5 de abril

23 Fev 2016 - 13h02
Júri de acusado de matar Roberto Fernandes é transferido para 5 de abril -
Os motivos da transferência de data, segundo a juíza Fabíola Duncka Geiser, se devem à necessidade de readequar a pauta da 2ª Vara Criminal. O horário da sessão será o mesmo: 9h30. O Tribunal do Júri vai reunir para julgar Mauro Peres, acusado de matar Roberto Fernandes, de 44 anos, no pátio de um posto de combustíveis no bairro Guamiranga.



O crime ocorreu em 23 de março de 2015. Mauro Peres, com 29 anos na época, foi encontrado pela Polícia Militar na cidade de Penha, depois de ter fugido do local do crime.  Policiais de Piçarras encontraram ele indo para a casa da mãe. Após a detenção, Peres confessou ter golpeado o amigo com uma barra de ferro, por causa de uma desavença entre eles. Roberto Fernandes morreu no dia 2 de maio.

Ele ficou conhecido por ter passado num posto da Polícia Rodoviária Federal, no Extremo Oeste do Estado, à noite, com um carro a uma velocidade de 160 quilômetros por hora, e gravou um vídeo sobre o feito. Dias depois, ele foi preso em Joinville por furto de veículo.

 

O crime que resultou na morte de Fernandes – segundo conhecidos – pode ter ligação com a prisão em Joinville. O advogado de defesa de Mauro Peres é Fagner Ferreira Azambuja.

Matérias Relacionadas

Região

Patrimônio cultural do Rio da Luz será tema de fórum nesta quarta

O objetivo do fórum é ampliar o espaço de fala e escuta sobre os instrumentos de proteção aos patrimônios culturais e divulgar as ações desenvolvidas na região entre 2018 e 2020
Patrimônio cultural do Rio da Luz será tema de fórum nesta quarta
Ver mais de Região