Câmara de Vereadores de Schroeder

Câmara de Schroeder rejeita manter salários até 2020

21 Jun 2016 - 15h02
A segunda votação do Projeto de Lei 002/2016, de autoria de Aurino Wudke (PR) encontrou resistência e foi rejeitado por sete votos a um.

A intenção do vereador era de não reduzir, mas manter na próxima legislatura (2017 a 2020), os valores dos salários pagos atualmente - R$ 5.104,92 aos vereadores. Já o outro Projeto de Lei (003/2016) que estabeleceria os subsídios do prefeito, vice-prefeito e dos secretários municipais teve a mesma rejeição. Hoje, o prefeito recebe R$ 18.727,88 mensais, o vice R$ 9.363,94 e os secretários o valor de R$ 7.502,53.

O autor da proposta disse que o momento econômico não permite o luxo de reajustes salarias, a não ser a da reposição da inflação. “Lamentamos, porque era um pedido da população, com mais 1,5 mil assinaturas, que pediam que os salários dos vereadores fossem iguais ao de um professor do nível ‘A’ Inicial, que é de R$ 2.134,00. Infelizmente, não se respeitou a opinião pública”, disse Wudke.

Matérias Relacionadas

Região

Nereu Ramos faz missa pela beatificação do padre Aloísio

A partir das 15h deste sábado (17), a rádio Jaraguá vai transmitir a missa de misericórdia pela Beatificação de Padre Aloísio Boeing
Nereu Ramos faz missa pela beatificação do padre Aloísio
Ver mais de Região