GNet
Femusc

Zoológico Musical e Concerto para Famílias promovem o lado lúdico do Festival

20 Jan 2016 - 21h40
O “Zoológico Musical” é o momento que permite ao público um contato direto com músicos e instrumentos que fazem parte do Festival, podendo tocar nos instrumentos, experimentá-los e até subir no palco onde a orquestra atuará. Na sequência, o “Concerto para Famílias” encanta e levanta a plateia com obras tradicionais adaptadas, com abordagens mais leves e até mesmo divertidas, mesclando música e teatro.

 

O responsável por esse espetáculo de apresentação é o maestro argentino Norberto Garcia que, em palco, comanda a OSNI: Orquestra Sinfônica Não-Identificada, formada por professores e alunos do FEMUSC. O regente garante que, mais uma vez, o “Concerto para Famílias” deste ano terá surpresas para divertir o público, mas prefere não revelar mais detalhes. Diz apenas que um clássico da literatura mundial será o tema-base da apresentação - “Romeu e Julieta” - de uma forma que o público nunca viu. A história que dá base ao espetáculo começa às 10h30 deste sábado (23) e finaliza no segundo sábado, dia 30, no mesmo horário.

 

Há 11 anos no FEMUSC, Norberto Garcia conta que no início não se sabia como seria a recepção desse tipo de evento por parte do público da cidade. Então, com o intuito de oferecer apresentações menos complexas e com vertente lúdica, as primeiras edições do FEMUSC tiveram interpretações das obras infantis “Petter and the Wolf”, de Sergei Prokofiev. Nessa composição, cada instrumento e personagem são representados por um instrumento diferente. “El carnaval de los animais”, de Camille Saint Saëns, onde diferentes animais fazem uma “bagunça” em palco, novamente sendo cada um deles representado por um instrumento da orquestra, também integrou as apresentações das edições iniciais.

 

Diante da aceitação do público, diz o maestro argentino, surgiu a ideia de transformar a apresentação em uma série fixa, adaptando clássicos que pudessem entreter e atender a vontade do público femuscano. “Dom Quixote” e “Star Wars” são exemplos. Até mesmo um especial para a Copa do Mundo de 2014 fez parte desse repertório.

 

O regente garante que a procura dos alunos para integrar a OSNI, que na verdade é a alegoria da Sinfonieta do FEMUSC, é grande. No entanto, mesmo com caráter descontraído, Norberto lembra que o domínio da técnica musical é imprescindível para que o espetáculo aconteça de forma que encante o público.

 

“Como professor, pensei em dificuldades a serem superadas. Mas nesses 11 anos também percebi que pode haver harmonia nessa tarefa”, destaca ele, que também é professor de violino do FEMUSC. Além disso, também aborda a importância do Festival para o desenvolvimento dos músicos locais, sendo uma oportunidade única e eficiente, e para a evolução do público enquanto apreciador de arte.

 

Norberto agradece a aceitação do público do FEMUSC para com o seu trabalho. Ele afirma que é graças a essa aceitação que o “Concerto para Famílias” pode ter continuidade. Ele acredita que a iniciação do Festival dada da forma que aconteceu foi indispensável para que hoje seja possível trazer a esse público, e ter a aceitação dele, obras mais elaboradas e complexas.

 

O FEMUSC é uma realização conjunta do Instituto Festival de Música, Prefeitura de Jaraguá do Sul, Funcultural, Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Governo de Santa Catarina, Lei de Incentivo à Cultura, Ministério da Cultura; patrocínio WEG, Tractbel Energia, Raizen; apoio Zanotti, Portonave, Duas Rodas, Eletrobras e Gomes da Costa; apoio institucional Sociedade Cultura Artística (SCAR), Vale dos Encantos Convention & Visitors Bureau, Fundação Cultural e Católica de Santa

Catarina.

 

Informações sobre a programação completa do Festival estão disponíveis em www.femusc.com.br
GNet

Matérias Relacionadas

Segurança

Deslizamento de terra deixa rua parcialmente interditada em Jaraguá do Sul

Defesa Civil alerta para risco de deslizamentos de terra.
Deslizamento de terra deixa rua parcialmente interditada em Jaraguá do Sul
Segurança

(Fotos) Cobra rara encontrada em Jaraguá do Sul pode ser analisada pelo Butantan

A jararaca albina de um metro foi encontrada na manhã deste sábado (16).
(Fotos) Cobra rara encontrada em Jaraguá do Sul pode ser analisada pelo Butantan
Segurança

Adolescente que estava desaparecida é encontrada em Jaraguá do Sul

A jovem foi localizada por uma tia no bairro Ribeirão Cavalo.
Adolescente que estava desaparecida é encontrada em Jaraguá do Sul
Segurança

Homem agride segurança e danifica casa de shows em Jaraguá do Sul

Ele se revoltou após ser proibido de acessar uma área restrita.
Homem agride segurança e danifica casa de shows em Jaraguá do Sul
Ver mais de Jaraguá do Sul