105 Ouça
Schützenfest

Tarde dos Idosos da Schützenfest com bom público

18 Nov 2016 - 11h24

Integrantes de grupos da terceira idade, muitos devidamente caracterizados, ocuparam em bom números os pavilhões A e B dançaram ao som das bandas Recordando o Passado e Die Tal Buben

E não foi só pessoal de Jaraguá do Sul da Terceira Idade (ou da melhor Idade, como eles mesmo afirmam), que prestigiou este momento tão especial da Schüzenfest). Grupos de outros municípios também marcaram presença. Foi o caso da Delegação de Navegantes, A exemplo de 2015, os visitantes e camisetas amarelas ajudaram a animar a Festa dos Atiradores. “Ano passado nossa foto saiu no jornal”, disse uma das líderes da turma, Maria Augusta. “Estamos virando fregueses da Schutzen”, brincou sua amiga, Alda Hobus.

O prefeito, de Jaraguá do Sul, Dieter Janssen, acompanhado do secretário da Assistẽncia Social, Jean Carlo Leuprecht e do presidente da Fundação Cultural, Sidnei Lopes, destacou este momento da festa. “Muito dessas pessoas participaram e ainda participam da história da Schützenfest até dentro das próprias sociedades de tiro. Nada mais justo que tenham este momento somente para elas”, ressaltou Janssen.

O casal Ronaldo Hornburg e Ana Morbis, moradores da Vila Lalau sabem bem o que é isso. Ele e ela, com trajes típicos alemães bailavam animadamente no pavilhão A. “A gente vem há vários anos. É muito bacana encontrar os amigos para divertir” ele disse entre uma dança e outra.

Outro que não perdeu tempo e caiu na dança, foi o presidente da Associação dos Grupos da Terceira Idade de Jaraguá do Sul, Miro Lange. Ao lado da esposa Elia Lange, ele fez questão de ressaltar o ambiente da tarde. “A cada ano fica melhor. O clima de descontração, as bandas que tocam aqui. Estão de parabéns os organizadores.

O presidente da Comissão Central Organizadora (CCO) da festa dos Atiradores, Marcelo Prochnow, ficou satisfeito com o bom movimento dos pavilhões nesta tarde e embora os números não tivessem fechados até a conclusão desta matéria ele ressaltou que média aproximada de 3 mil pessoas registradas em 2014 e 2015 deverá ser mantida esse ano.

Nova geração – Mas não foram apenas as veteranas e veteranos que se fizeram presentes na tarde desta quinta na Schützenfest. Alunos da Escola Alberto Bauer, do bairro Czerniewicz também estiveram no Parque de Eventos e acompanhados dos professores e de membros da Comissão Central Organizadora (CCO) visitaram as dependências da Festa dos Atiradores. Segundo o aluno do 6º ano, Fabrício Fernandes, um dos motivos da visita era coletar informações para trabalho de sala sobre o tradicional evento. “A gente quer saber sobre as tradições do tiro e como começou esta festa”, disse o garoto, que parecia bem animado com o passeio.

Nesta sexta-feira (18) a principal atração musical fica por conta da badalada banda Vox 3 que costuma levantar a plateia com performances inusitadas e um som que mescla as tradicionais marchinhas alemãs com pitadas de ritmos como rock, pop, entre outros. Antes porém os pavilhões A e B também serão embalados pelo som das bandas Irmãos Radoll, Versalhes, Estrela de Ouro, Orquestra La Montanara, Munique e Karisma. Além disso, haverá apresentação de grupos folclóricos.

GNet

Matérias Relacionadas

Segurança

Motociclista vítima de grave acidente em Massaranduba será sepultada em Jaraguá

Quando os socorristas chegaram no local ela já estava em parada cardiorrespiratória.
Motociclista vítima de grave acidente em Massaranduba será sepultada em Jaraguá
Segurança

Adolescente de 13 anos diz ter sido assediada pelo companheiro da tia em Jaraguá

A menor informou aos policiais que seu tio havia passado a mão em suas pernas e deu uma chinelada em suas costas.
Adolescente de 13 anos diz ter sido assediada pelo companheiro da tia em Jaraguá
Segurança

Festa de casamento acaba após convidados tacarem pedras em viatura da PM em Jaraguá

Uma viatura foi danificada por pedradas e PMs ficaram feridos.
Festa de casamento acaba após convidados tacarem pedras em viatura da PM em Jaraguá
Segurança

Corpo de homem encontrado morto em Jaraguá não tinha sinais de violência

A morte do homem teria ocorrido de 18 a 24 horas antes do corpo ser encontrado.
Corpo de homem encontrado morto em Jaraguá não tinha sinais de violência
Ver mais de Jaraguá do Sul