CMJS - Agosto
Grêmio Esportivo Juventus

José Pereira presta contas sobre dinheiro que movimentou no Juventus

28 Jun 2016 - 18h33
José Pereira presta contas sobre dinheiro que movimentou no Juventus    -

Apesar de não ter apresentado nenhum documento oficial, ele prestou contas do dinheiro que movimentou no clube durante o período que lá esteve, de 19 de abril até 24 de junho.


“Infelizmente nos encontramos por uma situação ruim, mas as coisas precisam vir à tona, precisam ser esclarecidas”, disse. Sobre valores, esclareceu que esse foi o motivo real do encontro. “Antes que me acusem e me chamem de ladrão, venho a público explicar a origem do dinheiro, tudo que entrou e saiu durante o período que trabalhei lá dentro”, reforçou.

Entre todas as despesas, desde salários com jogadores, gasolina, compra de remédio, pagamento do profissional de assessoria, entre outras despesas diversas, Pereira disse que foram investidos R$ 21.997,74 dos R$ 23.600,00 que o clube tinha em caixa. Esse valor foi arrecadado através de testes com 38 atletas, num total de R$ 17.100,00 - era cobrado R$ 450,00 por atleta para fazer teste – além de R$ 6 mil, depositado por um dos patrocinadores na conta do Juventus.

 

Pereira também acusou o vereador Jeferson de Oliveira (ex-presidente do clube) de retirar, através de um vale, a quantia de R$ 2.250,00. Outra acusação feita pelo ex-diretor de futebol foi sobre salários atrasados. “Hoje o clube deve o meu salário, de R$ 5 mil, dois salários do ex-gerente de marketing (total de R$ 10 mil, dois condomínios e um aluguel atrasados (total de R$ 900,00)”, afirma. Apesar de afastado, Pereira não descartou a possibilidade de retornar ao clube. “A partir do momento que esse cidadão (Jeferson) estiver dentro do clube, eu estou fora. Se ele sair eu retorno”, finaliza.


Vereador ainda não se pronunciou

Procurado por nossa reportagem para rebater as acusações do ex-diretor de futebol do Juventus, o vereador e ex-presidente do clube, Jeferson de Oliveira, não quis comentar neste momento. “Eu e meu advogado iremos falar no momento certo para darmos as explicações”, confirmou.



Rodrigo Floriani