dengue
Jaraguá do Sul

Implantação da nova rede de água do Boa Vista começa dia 25

A obra faz parte do Plano de Ampliação de Saneamento e visa o abastecimento daquela região pela ETA Central

21 Nov 2019 - 16h00Por Da Redação

Na próxima segunda-feira (25), o Samae de Jaraguá do Sul dará início a mais uma etapa do projeto de reforço na rede de distribuição de água do Bairro Boa Vista, com a implantação da nova adutora, a partir da Estação de Recalque de Água Tratada, construída na Rua Rinaldo Bogo (Ilha da Figueira). A obra faz parte do Plano de Ampliação de Saneamento e visa o abastecimento daquela região pela ETA Central e, consequentemente, a desativação do Sistema Independente do Boa Vista, cuja estrutura é muito suscetível às condições climáticas. “Quando chove muito, não conseguimos tratar a água captada do morro por causa da turbidez. Quando há estiagem, não conseguimos captar. É um problema muito antigo, que vínhamos contornando abastecendo os reservatórios com caminhão-pipa”, explica o presidente do Samae, Ademir Izidoro.

Para a implantação desta nova adutora em PEAD (Polietileno de Alta Densidade), a autarquia da Prefeitura de Jaraguá do Sul fará escavações em vias públicas e calçadas. É o caso de uma travessia da rede na Rua Rinaldo Bogo, seguindo pela Rua Antônio João Radtke (mão inglesa), por outra travessia já construída na Rua José Theodoro Ribeiro e pela abertura de vala na Rua Domingos Rosa até chegar nos reservatórios instalados na frente da EMEB Adelino Francener, no Boa Vista. Durante o período de obras, haverá alterações no trânsito, com sinalização nos pontos destas intervenções.

Para o presidente do Samae, essas obras contemplam as ações para aumentar a eficiência na entrega de água potável à população jaraguaense. “Junto com o investimento no reforço de rede, vamos desativar esses sistemas independentes do Boa Vista, Krause e Águas Claras, e levar água da nossa ETA Central para toda aquela região, garantindo que não faltará mais água por causa da chuva ou da estiagem”, comenta Izidoro, acrescentando que a ETA Central foi construída para atender a demanda de Jaraguá do Sul nos próximos 50 anos. Mais de R$ 23 milhões estão sendo investidos nas obras para reduzir as perdas, aumentar a capacidade de reservação e melhorar o sistema de abastecimento de água no município. Os recursos são do BNDES e parte da própria autarquia. “Até o fim de fevereiro de 2020, estas obras estarão concluídas”, destaca Izidoro. Com este mesmo objetivo está sendo feito o reforço de rede do Rio Molha.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp! 

Matérias Relacionadas

Geral

Inscrições para estágio de Ensino Superior terminam neste domingo

O valor mensal da bolsa para este ano é de R$ 1.088,51 mais vale-transporte, caso comprovada a necessidade
Inscrições para estágio de Ensino Superior terminam neste domingo
Segurança

Trecho da Marechal Deodoro será alterado a partir de segunda-feira

A proposta passará por um período de teste até a sua efetivação
Trecho da Marechal Deodoro será alterado a partir de segunda-feira
Geral

Confira as previsões do horóscopo para hoje

Saiba o que os astros reservam para você no amor, vida profissional e viagens
Confira as previsões do horóscopo para hoje
Segurança

Três ruas terão interdições parciais neste final de semana em Jaraguá

As interdições são necessárias para a manutenção da rede de drenagem pluvial e rede de esgoto
Três ruas terão interdições parciais neste final de semana em Jaraguá
Ver mais de Jaraguá do Sul