Jaraguá do Sul

Implantação da nova rede de água do Boa Vista começa dia 25

A obra faz parte do Plano de Ampliação de Saneamento e visa o abastecimento daquela região pela ETA Central

21 Nov 2019 - 16h00Por Da Redação
Implantação da nova rede de água do Boa Vista começa dia 25 -

Na próxima segunda-feira (25), o Samae de Jaraguá do Sul dará início a mais uma etapa do projeto de reforço na rede de distribuição de água do Bairro Boa Vista, com a implantação da nova adutora, a partir da Estação de Recalque de Água Tratada, construída na Rua Rinaldo Bogo (Ilha da Figueira). A obra faz parte do Plano de Ampliação de Saneamento e visa o abastecimento daquela região pela ETA Central e, consequentemente, a desativação do Sistema Independente do Boa Vista, cuja estrutura é muito suscetível às condições climáticas. “Quando chove muito, não conseguimos tratar a água captada do morro por causa da turbidez. Quando há estiagem, não conseguimos captar. É um problema muito antigo, que vínhamos contornando abastecendo os reservatórios com caminhão-pipa”, explica o presidente do Samae, Ademir Izidoro.

Para a implantação desta nova adutora em PEAD (Polietileno de Alta Densidade), a autarquia da Prefeitura de Jaraguá do Sul fará escavações em vias públicas e calçadas. É o caso de uma travessia da rede na Rua Rinaldo Bogo, seguindo pela Rua Antônio João Radtke (mão inglesa), por outra travessia já construída na Rua José Theodoro Ribeiro e pela abertura de vala na Rua Domingos Rosa até chegar nos reservatórios instalados na frente da EMEB Adelino Francener, no Boa Vista. Durante o período de obras, haverá alterações no trânsito, com sinalização nos pontos destas intervenções.

Para o presidente do Samae, essas obras contemplam as ações para aumentar a eficiência na entrega de água potável à população jaraguaense. “Junto com o investimento no reforço de rede, vamos desativar esses sistemas independentes do Boa Vista, Krause e Águas Claras, e levar água da nossa ETA Central para toda aquela região, garantindo que não faltará mais água por causa da chuva ou da estiagem”, comenta Izidoro, acrescentando que a ETA Central foi construída para atender a demanda de Jaraguá do Sul nos próximos 50 anos. Mais de R$ 23 milhões estão sendo investidos nas obras para reduzir as perdas, aumentar a capacidade de reservação e melhorar o sistema de abastecimento de água no município. Os recursos são do BNDES e parte da própria autarquia. “Até o fim de fevereiro de 2020, estas obras estarão concluídas”, destaca Izidoro. Com este mesmo objetivo está sendo feito o reforço de rede do Rio Molha.


Quer ser o primeiro a saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região? CLIQUE AQUI e receba direto no seu WhatsApp! 

Matérias Relacionadas

Geral

Malwee participa de Conferência Climática da ONU em Madri

Referência em iniciativas sustentáveis, varejista apresenta case de combate ao aquecimento global
Malwee participa de Conferência Climática da ONU em Madri
Geral

Distribuição do Saco Verde será ampliada em 2020

Distribuição do Saco Verde será ampliada em 2020
Geral

Obras de repavimentação atrasadas pela falta de material asfáltico, em Jaraguá

A expectativa é que a partir desta sexta-feira (6), o fornecimento de CAP comece a normalizar.
Geral

EXCLUSIVO: Começam os testes da versão em pó de produto para combate ao maruim

A informação foi dada em primeira mão ao repórter Sérgio Luiz, pelo pesquisador Lineu Del Ciampo.
EXCLUSIVO: Começam os testes da versão em pó de produto para combate ao maruim
Ver mais de Jaraguá do Sul