GNet
Administração de Jaraguá do Sul

Definidos prazos para adesão ao RefisJaraguá 2016

10 Nov 2016 - 14h39
O objetivo do Refis é oferecer opções aos contribuintes inadimplentes colocarem suas contas em dia e reforçar o caixa da Prefeitura.

O Refis 2016  foi criado pela Lei Complementar nº 177/2016 já aprovada pela Câmara de Vereadores e sancionada do prefeito Dieter Janssen. “A proposta abrange débitos de pessoas físicas e jurídicas, constituídos, lançados no qual o vencimento tenha ocorrido até a data da adesão a este programa, inscritos ou não como dívida ativa, ajuizados em execução fiscal ou a ajuizar, parcelados, reparcelados ou não, administrativa ou judicialmente, com exigibilidade suspensa ou não, inclusive os decorrentes de falta de recolhimento do imposto declarado”, descreve o projeto de Lei do Refis 2016

Ao contrário das outras duas edições do Refis realizados pela atual gestão municipal desta vez o programa admite apenas a quitação do débito à vista com redução de 100% dos juros e da multa incidentes, mantidos os acréscimos legais, honorários e custas processuais quando devidos. O secretário da Fazenda, Ademar Possamai argumenta ainda que a estimativa de arrecadação referente ao RefisJaraguá 2016 é de R$ 2,4 milhões.

São créditos passíveis de adesão ao Refis 2016:

1) Impostos:

a) Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU);

b) Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) mensal e

fixo, exceto o retido na fonte e aqueles sujeitos ao SIMPLES NACIONAL;

2) - Contribuição de Melhoria;

3) – Taxas de:

a) Limpeza Pública;

b) Conservação de Vias Públicas;

c) Coleta de Lixo;

d) Licença para Localização e Permanência no Local

(TLLPL);

e) dos Atos de Vigilância Sanitária;

f) Licença para Abates de de Gado e de Aves;

g) Taxas Diversas (RD), exceto as originadas no Tribunal de Contas

do Estado – TCE/SC;

4 – Preços Públicos instituídos pelas Leis Municipais nºs 2.807/2001, de 25/04/2001, 4.860/2007, de 18/12/2007, e 6.293/2011, de 15/12/2011;

5 – Multas decorrentes de infração, exceto as de trânsito;

6 – Aluguéis decorrentes da permissão de uso remunerada de bem imóvel público;

7 – Tarifa de Utilização do Terminal Rodoviário (TU).
GNet

Matérias Relacionadas

Geral

Mulher encontra cobra na cozinha da residência em Jaraguá

Fato ocorreu na segunda-feira (29)
Mulher encontra cobra na cozinha da residência em Jaraguá
Geral

Samae abre inscrições para novo Processo Seletivo

As inscrições devem ser feitas exclusivamente pela internet, através do site da autarquia
Samae abre inscrições para novo Processo Seletivo
Geral

Jaraguá do Sul, oficialmente, no clima de Natal

Evento na Scar marcou o acendimento das luzes de Natal e a chegada do Papai Noel em Jaraguá do Sul
Jaraguá do Sul, oficialmente, no clima de Natal
Geral

Com elevação da temperatura aumenta ocorrências com serpentes

Neste período de Primavera/Verão é comum os répteis como cobras e lagartos saírem para procurar alimento e eventualmente entrarem em residências
Com elevação da temperatura aumenta ocorrências com serpentes
Ver mais de Jaraguá do Sul