Imobiliária Coralli
Geral

SOS Rodovias inicia ataque a 17 trechos apontados como os mais perigosos em SC

09 Abr 2012 - 17h40

As primeiras ordens de serviço do SOS Rodovias serão assinadas nesta segunda-feira pelo governador Raimundo Colombo na sede da Polícia Militar Rodoviária (PMRv), na Capital. O programa vai atacar os principais pontos de acidentes com mortes em trechos estaduais. As obras devem iniciar este mês e a entrega está prevista para setembro.


Lançado em novembro do ano passado, o programa pretende recuperar, até 2014, os 127 trechos apontados pela PMRv como os mais perigosos no Estado. Cerca de 70% dos acidentes com vítimas acontecem nesses locais. As obras vão desde as mais simples, como correção de pequenas curvas, até as mais complexas como cortes em rochas.

Para a escolha dos pontos, também foi considerado o grau de risco de acidentes e o valor de cada obra. A identificação dos pontos críticos foi feita com base na taxa de acidentes de trânsito, índice que calcula a periculosidade de um trecho da rodovia, levando em conta o número de acidentes com e sem feridos. 

Primeiro lote do programa

Nesta segunda-feira, serão liberadas as ordens de serviço de nove, dos 17 pontos do primeiro lote do programa. Serão investidos R$ 2,5 milhões, do total de R$ 3,3 milhões desta etapa. O maior investimento do primeiro lote serão as obras da SC-401, na Capital, onde será liberado R$ 1,1 milhão para a recuperação da curva da morte.

Outro trecho que terá grande investimento é o da SC-283, entre São Carlos e Palmitos, no Extremo-Oeste, onde serão injetados R$ 395,9 mil para diminuir os acidentes em uma curva acentuada. Além da sinalização, será modificada uma entrada de acesso a uma comunidade.

As oito ordens de serviço restantes devem ser assinadas nos próximos dias. Nesta etapa, passarão por obras a SC-411, entre Gaspar e Brusque, e a SC-422, em Taió. Na Capital, outro ponto crítico que será melhorado é o Km 17 da SC-406, no acesso ao Projeto Tamar, na Barra da Lagoa.

O governo aguarda a liberação de R$ 40 milhões de um convênio, ainda não assinado, com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para liberar as obras dos outros 110 trechos. 

Melhorias na SC-283 esperadas há três anos

Na região do Oeste e Extremo Oeste do Estado, a assinatura da ordem de serviço para a Rodovia SC-283 era esperada há mais de três anos em Chapecó, Planalto Alegre, São Carlos e Palmitos. O investimento ultrapassa R$ 430 mil para dois trechos, um no Km 153 e outro no Km 103.


De acordo com o prefeito de Chapecó, José Claudio Caramori, com a construção da hidrelétrica Foz do Chapecó, a estrada que liga os munícipios ficou prejudicada devido à grande movimentação de caminhões com carga pesada. A construção terminou, mas os danos ficaram, segundo ele.

- É a melhor hora para iniciar as obras de recuperação, estávamos esperando por este momento. Vai contribuir com toda a região e com o turismo, pois esta rodovia é também o caminho das águas termais de Chapecó -explica Caramori.

CLICRBS.COM.BR

Matérias Relacionadas

Geral

Sargento despede-se do 14º Batalhão

Sargento despede-se do 14º Batalhão
Educação

Profissionais da educação infantil particular de Jaraguá organizam manifesto para este sábado

Dentre todos os setores impactados pelas medidas necessárias ao combate à disseminação do vírus, um dos que mais vem sofrendo é o da educação
Profissionais da educação infantil particular de Jaraguá organizam manifesto para este sábado
Esportes

Presidente da Fifa teme atrasos em eliminatórias da Copa do Mundo

Dirigente diz que pandemia do novo coronavírus é um problema
Presidente da Fifa teme atrasos em eliminatórias da Copa do Mundo
Economia

Confiança do empresário do comércio tem alta recorde em setembro

Expansão é de 14,4% na comparação com agosto
Confiança do empresário do comércio tem alta recorde em setembro
Ver mais de Geral