Unimed - Capa
Geral

SOS Rodovias inicia ataque a 17 trechos apontados como os mais perigosos em SC

09 Abr 2012 - 17h40

As primeiras ordens de serviço do SOS Rodovias serão assinadas nesta segunda-feira pelo governador Raimundo Colombo na sede da Polícia Militar Rodoviária (PMRv), na Capital. O programa vai atacar os principais pontos de acidentes com mortes em trechos estaduais. As obras devem iniciar este mês e a entrega está prevista para setembro.


Lançado em novembro do ano passado, o programa pretende recuperar, até 2014, os 127 trechos apontados pela PMRv como os mais perigosos no Estado. Cerca de 70% dos acidentes com vítimas acontecem nesses locais. As obras vão desde as mais simples, como correção de pequenas curvas, até as mais complexas como cortes em rochas.

Para a escolha dos pontos, também foi considerado o grau de risco de acidentes e o valor de cada obra. A identificação dos pontos críticos foi feita com base na taxa de acidentes de trânsito, índice que calcula a periculosidade de um trecho da rodovia, levando em conta o número de acidentes com e sem feridos. 

Primeiro lote do programa

Nesta segunda-feira, serão liberadas as ordens de serviço de nove, dos 17 pontos do primeiro lote do programa. Serão investidos R$ 2,5 milhões, do total de R$ 3,3 milhões desta etapa. O maior investimento do primeiro lote serão as obras da SC-401, na Capital, onde será liberado R$ 1,1 milhão para a recuperação da curva da morte.

Outro trecho que terá grande investimento é o da SC-283, entre São Carlos e Palmitos, no Extremo-Oeste, onde serão injetados R$ 395,9 mil para diminuir os acidentes em uma curva acentuada. Além da sinalização, será modificada uma entrada de acesso a uma comunidade.

As oito ordens de serviço restantes devem ser assinadas nos próximos dias. Nesta etapa, passarão por obras a SC-411, entre Gaspar e Brusque, e a SC-422, em Taió. Na Capital, outro ponto crítico que será melhorado é o Km 17 da SC-406, no acesso ao Projeto Tamar, na Barra da Lagoa.

O governo aguarda a liberação de R$ 40 milhões de um convênio, ainda não assinado, com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para liberar as obras dos outros 110 trechos. 

Melhorias na SC-283 esperadas há três anos

Na região do Oeste e Extremo Oeste do Estado, a assinatura da ordem de serviço para a Rodovia SC-283 era esperada há mais de três anos em Chapecó, Planalto Alegre, São Carlos e Palmitos. O investimento ultrapassa R$ 430 mil para dois trechos, um no Km 153 e outro no Km 103.


De acordo com o prefeito de Chapecó, José Claudio Caramori, com a construção da hidrelétrica Foz do Chapecó, a estrada que liga os munícipios ficou prejudicada devido à grande movimentação de caminhões com carga pesada. A construção terminou, mas os danos ficaram, segundo ele.

- É a melhor hora para iniciar as obras de recuperação, estávamos esperando por este momento. Vai contribuir com toda a região e com o turismo, pois esta rodovia é também o caminho das águas termais de Chapecó -explica Caramori.

CLICRBS.COM.BR

Matérias Relacionadas

Geral

Expectativa de vida em Santa Catarina é a maior do Brasil, aponta IBGE

Segundo o relatório, mulheres vivem em média 6,5 anos a mais que os homens
Expectativa de vida em Santa Catarina é a maior do Brasil, aponta IBGE
Geral

IBGE: esperança de vida do brasileiro aumentou 31,1 anos desde 1940

A expectativa de vida do homem é de 73,1 anos e a da mulher de 80,1
IBGE: esperança de vida do brasileiro aumentou 31,1 anos desde 1940
Geral

Covid-19: ANTT define novas medidas para o transporte interestadual

Resoluções valem apenas para o transporte rodoviário
Geral

Especialista alerta sobre golpes contra aposentados e pensionistas

A advogada previdenciária, Deborah Lazzaris, participou ao vivo do Diário da Jaraguá nesta quinta-feira (26).
Especialista alerta sobre golpes contra aposentados e pensionistas
Ver mais de Geral