Campanha Sarampo
Geral

Sete especialidades concentram mais da metade dos médicos

28 Fev 2013 - 16h03

Um total de sete especialidades médicas concentram 53% dos profissionais com títulos dentre as 53 áreas reconhecidas no Brasil. A Pediatria é a área mais procurada entre os médicos brasileiros, reunindo 30.112 titulados, ou 11,23% do total de especialistas no país. A ela, se juntam Ginecologia e Obstetrícia, Cirurgia Geral, Clínica Médica, Anestesiologia, Medicina do Trabalho e Cardiologia no topo desse ranking.


As quatro primeiras especialidades, que somam 37%, pertencem às chamadas áreas básicas da Medicina. Além das primeiras da classificação, também se destacam a Ortopedia e Traumatologia, Oftalmologia, Radiologia e Diagnóstico por Imagem, Psiquiatria, Dermatologia, Otorrinolaringologia, Cirurgia Plástica e Medicina Intensiva. Assim, as 15 especialidades do topo concentram 74% do total de médicos titulados (197.718).

Na posição oposta, outras dez especialidades agregam 5.937 profissionais, o que representa 2,21% do total. Entre elas, aparecem: Genética Médica, Cirurgia de Mão, Radioterapia, dentre outras. As três últimas deste grupo contabilizam em todo o país um total de apenas 908 médicos titulados. A Radioterapia possui 497 profissionais (0,19% do total); a Cirurgia da Mão, outros 411 (0,15%); e a Genética Médica um montante de 200 (0,07%).

 Outra constatação do estudo é que médicos mais jovens e mulheres - grupos que apresentam tendência de crescimento consistente - tem concentrado suas escolhas nas especialidades básicas. A presença expressiva desses grupos em áreas básicas fragiliza a tese de que as novas gerações de médicos estariam concentradas ou procurando formação em especialidades mais consideradas"rentáveis", embora elas possam ter maior proporção de candidatos por vaga nas provas de Residência Médica. 


O estudo sugere ainda que o futuro número de especialistas poderá sofrer influência da oferta de postos de trabalho e de políticas de abertura de vagas de Residência Médica em determinadas especialidades. Esta tendência revela um cenário desafiador para o Governo: atrair estes profissionais para atuarem no sistema público de saúde e nas regiões de difícil provimento de profissionais.

Matérias Relacionadas

Geral

Governo decreta luto oficial pela morte do ex-prefeito de Joinville Marco Tebaldi

O ex-deputado federal morreu na noite deste domingo aos 61 anos, em um hospital em Joinville
Governo decreta luto oficial pela morte do ex-prefeito de Joinville Marco Tebaldi
Variedades

Movimenta Jaraguá conta com recorde de público

No ano passado, em setembro, também na Arena, das 13 às 18 horas, foram 50 os parceiros com a participação de mais de 15 mil pessoas, segundo a Secel
Movimenta Jaraguá conta com recorde de público
Segurança

Vítima de afogamento será sepultada nesta tarde em Nereu

Adrian Miguel Vieira, de 17 anos, brincava com um grupo de amigos no rio, após nadar por um tempo começou a dar sinais de cansaço, que estaria prestes a se afogar. Amigos tentaram ajudar, porém não deram conta, sendo então acionado os bombeiros.
Vítima de afogamento será sepultada nesta tarde em Nereu
Geral

SINE divulga vagas de emprego disponíveis em Jaraguá do Sul

Interessados devem comparecer à agência Sine em Jaraguá do Sul, no piso térreo da Rodoviária
SINE divulga vagas de emprego disponíveis em Jaraguá do Sul
Ver mais de Geral